SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Intercâmbio é uma das maneiras para turbinar o currículo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/02/2013 07:15 / atualizado em 02/02/2013 22:31

Luiz Prisco

Arquivo Pessoal


As empresas contemporâneas estão exigindo cada vez mais dos candidatos — e experiências fora do país são muito bem-vistas. Não é à toa que o número de universitários (jovens na faixa de 18 a 25 anos) que partiram para o exterior em busca de cursos e intercâmbios aumentou em 40% em 2012, segundo dados da agência StudentTravel Bureau (STB).

Um desses aventureiros de plantão é o estudante de administração da Universidade de Brasília (UnB) Eduardo Dantas, 24 anos. O jovem partiu para um curso de inglês de cinco semanas em Cidade do Cabo, na África do Sul, em março do ano passado. "A cultura, a história e os mitos locais sempre me intrigaram. Foi um momento maravilhoso e intenso", comenta.

Além do domínio do idioma, as empresas buscam profissionais com vivência no exterior por conta da experiência adquirida por esses. A gerente da STB de Brasília, Andréia da Cunha, afirma que algumas qualidades adquiridas nos intercâmbios são muito valorizadas no mercado de trabalho.

"Quando um gerente de Recursos Humanos pega um currículo de um jovem que morou fora, ele é mais valorizado, pois essa pessoa tende a ser mais maleável e mais adaptável que os concorrentes", explica a especialista.

A mistura equilibrada entre o aprendizado e o turismo é um dos maiores diferenciais que as pessoas podem trazer de um curso no exterior. As pessoas embarcam achando que vão trazer apenas o idioma, mas voltam com uma vivência que é impossível de adquirir em cursos, por melhor que sejam, feitos no Brasil.

publicidade

Tags:
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade