Conheça os jurados do 49º Festival de Brasília

Este ano sete jurados avaliarão a mostra competitiva de longa-metragem, e cinco jurados julgarão a mostra de média e curta-metragem

postado em 20/09/2016 07:45 / atualizado em 20/09/2016 11:16

Bruno Mello/Divulgação
 

Todos os anos um grupo seleto de profissionais envolvido com a produção audiovisual fica responsável pela missão de ser jurado de um dos maiores festivais de cinema do país. Com a tarefa de avaliar os filmes nos mais diversos aspectos, cabe ao júri decidir quais os títulos sairão premiados.

Este ano sete jurados avaliarão a mostra competitiva de longa-metragem, e cinco jurados julgarão a mostra de média e curta-metragem. São cineastas, jornalistas, atrizes, críticos e produtores de várias regiões do país, ou mesmo de Brasília, que chegam à capital para fazer parte do prestigioso  grupo de jurados do 49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

Entre o grupo de jurados da mostra competitiva de longa-metragem está a atriz brasiliense Camila Márdila. Premiada pelo Sundance Film Festival 2015 por seu trabalho em Que Horas Ela Volta?, de Anna Muylaert, a atriz participa pela primeira vez como jurada, mas o festival já é um velho conhecido de Camila: “Comecei a frequentar quando entrei na faculdade de comunicação na UnB e aprendi muito em cada edição. Sinto que o festival foi como uma escola para mim e participar como jurada é uma forma de retribuir esse aprendizado”, conta a atriz.

A premiada produtora brasileira-moçambicana Diana Almeida também é uma das juradas de longa-metragem. Nascida em Maputo, capital de Moçambique, Diana se formou na Escola de Comunicação e Artes da USP e acumula diversos prêmios no currículo. Algumas de suas produções como o curta Café com leite (2007) e o longa Eu não quero voltar sozinho (2010) foram exibidas em mais de 100 festivais pelo mundo, recebendo mais de 80 prêmios.

Também integra o júri o diretor Paulo Caldas, premiado pelo festival de cinema de Brasília com seu primeiro filme O baile perfumado, no ano de 1996. O longa, que tornou-se uma referência para o movimento de retomada do brasileiro, levou naquele ano os prêmios de melhor filme do júri e da crítica.

Para Paulo, que participa como jurado pela segunda vez, o festival de Brasília se diferencia com debates aprofundados sobre os filmes: “A experiência mais marcantes pra mim é a forma como nesse festival nós discutimos os filmes. Os grupos de debates, mais do que permitir que a gente coloque nossas opiniões, desenvolvem muito nosso olhar crítico”, afirma Paulo Caldas.

Sobre o momento político e a tendência de manifestações vindas de artistas que tem acontecido em festivais por todo o país, Paulo comenta: “Eu acho que é função dos artistas participar das discussões políticas e se envolver. É importante que se discuta isso que está acontecendo. Então, creio que o festival de Brasília pode receber momentos de manifestação, até pelo nível do festival”.

Confira a lista completa de jurados:

Mostra Competitiva de Longa-Metragem
Camila Márdila, Diana Almeida, João Luiz Vieira, Kátia Coelho, Luiz Carlos Merten, Mayana Neiva e Paulo Caldas.

Mostra Competitiva de Média e Curta-Metragem
Andy Malafaia, Anna Karina de Carvalho, Fernando Severo, José Araripe Jr. e Nathália Tereza.

 

Últimas Notícias

Últimas Notícias Veja Mais

* * *