"Precisamos falar de assédio" recebe acolhida branda do público

Apesar do impacto do tema, plateia presente foi pouco participativa

postado em 21/09/2016 21:02 / atualizado em 21/09/2016 21:57

Ricardo Daehn

Com um público silencioso diante de um tema polêmico, o documentário Precisamos falar de assédio foi exibido em sessão especial há pouco, no Cine Brasília. Dirigido por Paula Sacchetta, o longa-metragem deu liberdade para que mulheres contassem opressões e abusos sofridos. Foi recebido, na exibição, com pouco estardalhaço, até pelo fato de a sala não contar com o público participativo das sessões reservadas à mostra competitiva do Festival.

 

Mira Filmes/Divulgação



Às 21h30, a mostra competitiva estreia com o longa-metragem Rifle, do diretor Davi Pretto, e os curtas Ótimo amarelo, de Marcus Curvelo, e Quando os dias eram eternos, de Marcus Vinicius Vasconcelos.

49° Festival de Brasília do Cinema Brasileiro
De 20 a 28 de setembro no Cine Brasília (106/107 Sul).

Últimas Notícias

Últimas Notícias Veja Mais

* * *