publicidade

Segunda noite do Festival de Cinema de Brasília é marcada por discurso político

Diretores dos filmes das mostras competitivas protestam durante o festival

postado em 22/09/2016 10:49 / atualizado em 22/09/2016 11:39

Carlos Moura/CB
 
O Festival de Cinema de Brasília está sendo marcado por manifestações sobre a situação política atual do país. Um exemplo destas expressões veio de Marcus Curvelo, diretor do curta Ótimo amarelo, ele utilizou o 'Fora Temer' para protesto. Mesmo que não muito elaborada, a frase ainda foi respaldada pelo público. Já o diretor de Quando os dias eram eternos, Marcus Vinicius Vasconcelos, reforçou o protesto reafirmando: Temer jamais.
 
Carlos Moura/CB
 
Davi Pretto, que dirigiu o longa metragem Rifle, exibido na primeira noite de competição, se diz honrado por participar. "É uma honra estar aqui nesse momento tão sombrio e revoltante para o país, é surreal", afirma, usando a camiseta da equipe que estampam 'Cinema contra o golpe'. 

Últimas Notícias

Últimas Notícias Veja Mais

* * *