publicidade

Mostra competitiva: três filmes abrem a noite deste domingo

Além de dois curtas, é exibido o longa 'Vinte anos', que tem produção brasileira e de Costa Rica

postado em 25/09/2016 19:39 / atualizado em 25/09/2016 23:02

Alexandre de Paula - Especial para o Correio /

O Festival chega ao sexto dia e três fitas abriram, há pouco, a quinta noite da mostra competitiva: os curtas Confidente, de Karen Akerman e Miguel Seabra Lopes, e Procura-se Irenice, de Marco Escrivão e Thiago B. Mendonça; e o documentário Vinte anos, de Alice de Andrade.

A diretora de Confidente, Karen Akerman, falou sobre a maneira como o filme foi produzido. “Nosso filme surge do desejo de trabalhar com imagens de arquivo, se apropriando delas e as ressignificando para falar de memória”, disse Karen.

Diretores de Procura-se Irenice, Marco Escrivão e Thiago B. Mendonça falaram sobre o curta, que trata da herança da ditadura militar nos tempos atuais. “Esse é um filme que fala sobre uma ditadura que enraizou estruturas que continuam presentes”, afirmou Escrivão.
 
Helio Montferre/D.A. Press
 
Diretora de Vinte anos, Alice de Andrade comentou o longa, de produção carioca e costa-riquenha: "É um prazer muito grande estar aqui com esse filme, que é um filme de amor a Cuba, um país único".

Às 21h30, a mostra competitiva apresenta outros três filmes. São eles os curtas Bodas de papel e Demônia - Melodrama em 3 atos, e o longa Malícia.

49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

Até 28 de setembro, no Cine Brasília (106/107 Sul). Entrada franca, exceto nas sessões das mostras competitivas, com ingressos a R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia). Verifique a classificação indicativa de cada filme.

Últimas Notícias

Últimas Notícias Veja Mais

* * *