Jogador francês Henry faz doação para ajudar vítimas no Haiti

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/01/2010 10:57

GazetaEsportiva.Net

Depois de ser o centro de uma longa polêmica envolvendo a classificação da França para a Copa do Mundo da África do Sul (por ter ajeitado a bola com a mão antes de cruzar para Gallas empatar o jogo contra a Irlanda), o atacante Thierry Henry voltou às manchetes mundiais, mas agora por um fato positivo. O jogador do Barcelona mostrou ser craque também na solidariedade e doou 56 mil euros à entidade 'Médicos sem Fronteiras', que está ajudando ativamente na reconstrução do Haiti após os terremotos que vitimaram milhares de pessoas e deixaram um rastro de destruição no país. "Tenho muitos amigos no Haiti, que é uma colônia francesa e, para mim, todos são como se fossem meus primos. Não é fácil ver o que estão passando e fico feliz em poder fazer algo para ajudar", comentou Henry, em entrevista à Barça TV. Além do apelo natural da tragédia, o que motivou o dianteiro a tomar tal atitude foi uma experiência que ocorreu perto de sua família. Em 1989, o furacão "Hugo" afetou mais de 200 mil pessoas na Ilha de Guadalupe, terra natal do pai do craque, causando 56 mortes. "Vi há 20 anos como isso mexeu com a vida das pessoas na Ilha de Guadalupe e imagino o que os haitianos estão passando. Acho muito importante que todos se mobilizem para ajudá-los e continuarei fazendo tudo o que estiver ao meu alcance para diminuir o sofrimento destas pessoas", concluiu.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.