Escolas de Miami matriculam crianças vindas do Haiti

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/01/2010 16:57

France Presse

Crianças haitianas afetadas pelo terremoto em seu país começaram a ser matriculadas esta semana em escolas de Miami, onde as autoridades informaram que aguardam a chegada de outras mais e que já foram iniciados programas especiais para sua adaptação. O distrito escolar do condado Miami-Dade designou 15 escolas para receber os novos alunos, em sua maior parte filhos de haitianos com norte-americanos que fugiram do país após o terremoto. Até a última quarta-feira, cerca de 60 haitianos foram matriculados nas diferentes escolas, informou o Departamento de Educação do condado. "Já não é uma questão saber se crianças haitianas virão ao sul da Flórida, mas sim quantas chegarão e quantas serão", disse Alberto Carvalho, superintendente do Distrito Escolar de Miami-Dade. O funcionário acrescentou que inicialmente "o programa de estudos para os novos estudantes será centralizado na alfabetização e na transição cultural". As autoridades disseram que estão realizando reuniões com autoridades federais para que as crianças possam ser matriculadas assim que chegarem a Miami e incorporadas às turmas de suas respectivas idades mesmo que tenham perdido seus documentos devido ao desastre. O distrito escolar pediu assistência financeira ao governo federal para atender adequadamente às necessidades educacionais, psicológicas e sociais dos alunos, informou o condado Miami-Dade.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.