Militares brasileiros fazem o primeiro parto em hospital de campanha do Exército

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/01/2010 21:32 / atualizado em 22/01/2010 22:20

Uma menina com 3,5 quilos e saudável foi o primeiro bebê a nascer no hospital de campanha montado pelo Exército brasileiro em Porto Príncipe, capital do Haiti, devastado por um terremoto no último dia 12. A criança, cujo primeiro nome é Marly, nasceu esta madrugada, de parto natural e emocionou os militares da área de saúde, que começaram a atender a população haitiana ontem (21).

O hospital funciona em uma área ao lado da base brasileira General Bacelar, no bairro de Tabarre, a cerca de dez quilômetros do centro da capital. A equipe médica é formada por 48 profissionais de saúde de diversas especialidades e deve atender entre 300 e 400 pessoas diariamente.

De acordo com a assessoria do Exército, já foram realizadas 1.033 consultas no hospital desde ontem. Somente hoje teriam sido feitos mais de 50 atendimentos pediátricos, incluindo o parto de Marly.

Na manhã de hoje, mais três aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) partiram da Base Aérea do Rio de Janeiro com destino ao país caribenho. Além de 25 toneladas de água, alimentos e medicamentos, elas transportavam 131 soldados e oficiais do Exército que vão substituir parte das tropas que já estavam prestes a retornar ao Brasil quando ocorreu o terremoto.

Ao todo, informa a Aeronáutica, os aviões da FAB já transportaram mais de 229 toneladas de carga desde o último dia 13.

 


Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.