Haiti: 83 funcionários da ONU mortos, 32 desaparecidos após terremoto

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/01/2010 09:51

France Presse

Pelo menos 83 funcionários das Nações Unidas morreram e 32 continuam desaparecidos, 15 dias após o terremoto que devastou a capital do Haiti, informou nesta quarta-feira (27/01) o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon. "O balanço definitivo ainda é desconhecido. Quanto às Nações Unidas, confirmamos 83 mortos e 32 desaparecidos", disse Ban. A maioria das vítimas trabalhava para a Missão de Estabilização da ONU no Haiti (Minustah), integrada por vários países latino-americanos e liderada pelo Brasil. Nesta quarta-feira, o presidente haitiano, René Preval, indicou que "quase 170.000" corpos já foram contabilizados.