Terremoto no Haiti matou mais de 200 mil, diz premiê

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/02/2010 17:11 / atualizado em 03/02/2010 17:30

France Presse

PORTO PRÍNCIPE - O primeiro-ministro do Haiti, Jean-Max Bellerive, disse nesta quarta-feira (3/2) à AFP que "mais de 200 mil pessoas" morreram no terremoto que devastou o país no dia 12 de janeiro. "Mais de 200 mil pessoas foram identificadas como mortas", declarou o premiê, em entrevista à AFP.

Bellerive ainda mencionou 300 mil feridos, e disse que 4 mil pessoas foram amputadas após o tremor, que deixou um milhão de desabrigados. "Mais de 250 mil casas foram destruídas, assim como cerca de 30 mil empresas comerciais", acrescentou.

"Em termos de números, é um desastre planetário. São os números mais extremos dos 20 ou 30 últimos anos. Não se trata, portanto, de um desastre que pode ser administrado apenas a partir do Haiti", destacou o primeiro-ministro.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.