SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

De graça

Gama lúdico

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/09/2012 08:00 / atualizado em 20/09/2012 13:10

Período de férias escolares costuma ser um desafio para os pais, que precisam entreter a meninada em casa. No Gama, o período era sinônimo de pasmaceira, segundo a atriz e produtora Leda Carneiro, gestora do espaço Bagagem. “A cidade precisava de alguma coisa, por isso criamos o festival cultural”, conta. Em sua quarta edição, a mostra se sofisticou e, além de ser uma vitrine importante para  a arte local, abre alas para a produção de outras regiões do DF e até de outros estados. As atrações começam hoje e seguem até o dia 29, na sede do grupo Bagagem, na Quadra 40.


Outra característica da folia teatral é ter datas móveis, não se realizar sempre durante o recesso escolar. Com isso, os alunos são o público predominante durante as semanas, enquanto nos finais de semana a variedade na plateia aumenta. “Queremos oferecer o que há de mais contemporâneo e popular, trazer novas experiências para o público. O objetivo é estimular a criação e a formação de plateia”, destaca Leda. A curadoria de quem se apresenta é decisão coletiva dos integrantes do grupo Bagagem.


A ênfase está em atrações voltadas para o público infantil, com muito teatro de bonecos (campo de ação do grupo Bagagem), embora haja uma preocupação em se comunicar com faixas etárias diferentes. Quando ações maiores estão previstas, o teatro de bolso, com capacidade para 80 espectadores, fica fechado e a praça da Quadra 40 faz as vezes de palco. “Seu Estrelo e Fuá de terreiro se apresentou na rua e foi um evento grande e participativo”, destaca ela.


Outra medida é distribuir ingressos gratuitos pouco antes da apresentação. No ano passado, foi assim com Cláudio Falcão, e, devido ao sucesso, o ator volta ao Gama para encerrar o ciclo teatral, no sábado, dia 29/09, às 20h, com Pérolas de Berenice. A abertura ficará por conta de Antes do começo, com a Cia. Desvio, às 20h de hoje. Amanhã, a Estrupenda Trupe surge em cena com sua montagem O pequeno príncipe. No sábado, às 17h, é a vez da Cia. Rebote apresentar Columpio.


O fruto dessa investida já reverbera pela cidade. “Nosso espaço foi o primeiro a se dedicar à cultura na cidade, começou no peito e na raça. Hoje, já são sete espaços, ao todo, no Gama”, comemora Leda. As dificuldades existem, o acesso à arte na região é precário, mas Leda e seus companheiros de grupo levantam a bandeira da causa. “As pessoas têm o hábito de ver grandes atrações internacionais no cinema, grandes shows, valorizam muito o que vem de for a. Se não espalharmos a arte feita aqui, a identidade local não se cria”, sentencia.

 

4° Festival Cultural do Gama
Hoje, 20h, Antes do começo, Cia. Desvio, no Espaço Cultural Bagagem (Quadra 40 loja 16,
Setor Central – Gama - 3556 6606). Entrada franca. Até 29.

Tags:

publicidade