SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Música e dança marcam comemorações do Dia da Síndrome de Down na Câmara

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/03/2013 14:19

Apresentações musicais e de dança marcaram as comemorações do Dia Internacional da Síndrome de Down nesta quinta-feira (21), na Câmara dos Deputados. Organizado pelo deputado Romário (PSB- RJ), o evento reuniu integrantes da Frente Parlamentar em Defesa da Pessoa com Deficiência, funcionários da Casa várias associações de apoio à pessoas com síndrome de Down.

A filha de Romário Ivy Bitterncourt, 7 anos, que tem a síndrome, fez uma apresentação de dança na ocasião. O deputado destacou que a preocupação este ano foi fazer um evento para mostrar as habilidades e capacidades dessas pessoas. Para ele, nos últimos cinco anos muita coisa mudou.

“Hoje o preconceito já é diferente, não estou dizendo que terminou, mas é diferente. O respeito é outro e principalmente hoje os nossos filhos que têm condições de trabalhar podem trabalhar. Há um mercado muito grande para que eles possam produzir e fazer alguma coisa que seja boa para eles pessoalmente, profissionalmente e principalmente para nós pais”, ressaltou.

O depoimento emocionado da estudante de direito Aline Figueiredo, de Belo Horizonte, comoveu os participantes. A estudante tem síndrome de Down e ressaltou que não adianta a lei garantir a inclusão de pessoas especiais no ensino regular se os professores não estão preparados para receber esses alunos. “Muitos professores não têm paciência e deixam os alunos excluídos”, alertou.

Filha caçula, Aline falou da importância dos estímulos que recebeu da mãe e destacou que em casa sempre foi tratada como os três irmãos.

Atletas, escritores e funcionários do Superior Tribunal de Justiça com síndrome de Down também participaram das comemorações na Câmara dos Deputados. Eles foram homenageados com o vídeo Tenho Síndrome de Down e Sou Profissional, elaborado pelo gabinete de Romário.

publicidade