SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Vencedores do Concurso Nacional do Museu da Imprensa recebem prêmios

Estudantes brasilienses dominaram a premiação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/05/2013 19:30 / atualizado em 14/05/2013 13:59

Camila Brunca/Esp. CB/ D.A PRESS
Na tarde desta segunda-feira (13/5) ocorreu a cerimônia de premiação dos vencedores do 15º Concurso Nacional do Museu da Imprensa, que também marcou a comemoração dos 31 anos do Museu da Imprensa e dos 205 anos da Imprensa Nacional. Nesta edição, o concurso distribuiu R$ 30 mil em prêmios – por meio de cadernetas de poupança da Caixa Econômica Federal – a estudantes do ensino fundamental e médio regularmente matriculados em escolas públicas e particulares de todo o país. Os professores dos trabalhos vencedores também foram premiados, cada um recebeu R$ 700.

Foram mais de 500 trabalhos enviados para as quatro categorias da competição – desenho, redação, poesia e monografia. Os três primeiros colocados da categoria desenho são alunos do ensino fundamental da rede pública. O estudante da Escola Parque 303/304 Norte Wesley Alves da Silva Gomes nem precisou refazer o desenho para garantir a 3 ª colocação. O jovem morador de São Sebastião diz que não levou nem cinco minutos para desenhar uma das máquinas de imprensa dispostas no museu. A segunda colocada foi Vitória Evelyn Veras do Nascimento, estudante do Centro de Ensino Fundamental 418 de Santa Maria. A jovem, que adora desenhar desde pequena, nunca fez curso de desenho: aprendeu sozinha, assistindo a vídeos na internet. A diretora Gabriela Resende deseja que Vitória repasse aos colegas toda a experiência com o concurso, para mostrar que eles também podem conseguir. "Temos crianças com alto potencial, que precisam ser mais estimuladas.  Às vezes por vergonha ou por baixa auto estima, acham que não conseguem e que não tem chance de ganhar", relata.

Pais, professores, colegas e autoridades estiveram presentes na solenidade, que contou ainda com apresentações da banda do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal. A estudante Beatriz Benevides Silva Amorim, 11 anos, foi muito bem acompanhada: mãe, professora, diretora e vários colegas da Escola Classe 50 de Taguatinga lotaram um ônibus para prestigiar a garota. Vencedora da categoria desenho, Bia ganhou R$ 1.800. A professora Célia Regina Batista da Luz, que levou a turma no ano passado para visitar o Museu e incentivou Bia a participar da competição, acredita que a premiação valoriza a rede pública de ensino.

A vencedora da categoria poesia também é aluna da rede pública. "Poesia tem que ser sentida", revela Rayane Krissia Ferreira de Jesus. A estudante do 3º ano do Centro de Ensino Fundamental Myriam Ervilha de Samambaia afirma que o resultado foi bem melhor do que esperava. Rayane confessa que até ficou balançada com o prêmio, mas vai continuar sendo poetisa só nas horas vagas. O seu foco continua sendo se preparar para o ingresso na universidade, onde pretende cursar psicologia. A jovem, que recebeu a mais alta premiação – R$ 2.800 -, deve deixar na poupança a maior parte do dinheiro, vai tirar uma quantia apenas para investir nos estudos: deve comprar um notebook e apostilas para a última fase do Programa de Avaliação Seriada (PAS).

A comissão julgadora era formada por representantes da Caixa Econômica Federal, do Ministério da Educação, do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares do Ensino do DF, do Sindicato dos Professores em Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal, da Casa Civil, da Fundação Assis Chateubriand, do Instituto Brasileiro de Museus e da Imprensa Nacional. Nenhuma das monografias inscritas foi classificada e o prêmio dessa categoria foi rateado entre os demais vencedores.

Confira abaixo a poesia "O diálogo da Imprensa", vencedora do prêmio.
 

Tags:

publicidade