SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Bosque literário é reativado no CCBB

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/06/2013 16:18 / atualizado em 25/06/2013 16:22

CCBB/divulgaçao
O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) reativou o Bosque Literário, localizado na área externa. A nova atividade do Programa Educativo promoverá o encontro entre a natureza e a literatura. O espaço, que nasceu como homenagem a um grupo especial de autores, reúne árvores com destaque em obras-primas da literatura brasileira. Ao visitar o local, o público aproveitará um passeio onde a natureza ajuda a contar a história do Brasil.

A Colonização e formação do país trazem o pau-brasil como espécie para contextualizar o “Manifesto Pau Brasil”, de Oswald de Andrade e o Modernismo. As espécies cravo e canela são cenário para abordagem sobre as especiarias, grandes navegações, plantação no Brasil, Nordeste e o ciclo do açúcar. A obra “Gabriela Cravo e Canela”, de Jorge Amado, será utilizada para a reflexão sobre meio ambiente e sociedade.

A seringueira contextualiza o ciclo da borracha e a exploração da amazônia. “Entre os Seringais”, de Euclides da Cunha, foi escolhida como obra para tratar sobre a relação entre meio ambiente e política. Buriti e ipê retratam a transferência da capital e o desenvolvimentismo e destruição do cerrado. A importância econômica do buriti e outras plantas do cerrado ganham destaque.

O ipê figura como símbolo nacional,  além de se sobressair no paisagismo de Brasília. As obras escolhidas foram “Buriti”, do Guimarães Rosa, que destaca o regionalismo na literatura e “O Tronco de Ipê”, de José de Alencar. As visitas ao Bosque Literário acontecem em todos os domingos, sempre às 16h.
Tags:

publicidade