SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Divulgada programação das cerimônias da Jornada Mundial da Juventude

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/06/2013 17:59

Rio de Janeiro - Os organizadores da Jornada Mundial da Juventude divulgaram nesta quinta-feira(27) detalhes das principais cerimônias que serão realizadas no Rio de Janeiro nos dias 23, 25, 26, 27 e 28 de julho. O padre Renato Martins, diretor dos atos centrais do evento, se disse otimista em relação à segurança do evento e acrescentou que o Comitê Organizador Local não está preocupado com a possibilidade de que minorias violentas desvirtuem manifestações que venham a ser marcadas para os dias em que o papa Francisco estará na cidade.

"Sou muito otimista. Creio que, com a presença do papa Francisco, todos vão conseguir perceber o que é dito em muitas músicas que recebemos, que ele é o peregrino do amor. A atmosfera do Rio vai mudar com a presença do papa. Essa atmosfera de paz, de alegria e de fé vai dissolver todas as outras atmosferas mais aquecidas. Tenho certeza de que serão dias maravilhosos", disse o padre Renato. Ele disse que está confiante no trabalho da Polícia Federal e da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos.

Sobre as manifestações, ele disse que são inevitáveis e até sintonizadas com a mensagem da Jornada Mundial da Juventude: "A Igreja vem acompanhando todo esse desdobramento das passeatas e a manifestação da juventude com grande alegria. Nós percebemos que a juventude está acordando e manifestando seus desejos, e a Jornada Mundial da Juventude tem sempre esse compromisso de chamar o jovem a acordar e a se comprometer com um mundo melhor. Esse momento que estamos vivendo no país tem uma íntima ligação com a JMJ".

Os atos centrais da Jornada Mundial da Juventude começam na terça-feira, dia 23, com a missa de abertura, em que a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora, símbolos do evento, serão levados ao palco montado na Praia de Copacabana. Haverá participação de DJs, artistas brasileiros e internacionais, das 15h às 23h. Na quarta-feira (24) o papa visitará o Santuário Nacional de Aparecida.

O segundo ato central no Rio de Janeiro será a cerimônia de acolhida do papa, na quinta-feira, das 17h às 23h30. O pontífice chegará às 17h de helicóptero ao Forte de Copacabana e percorrerá a orla no papamóvel até o altar, onde será recebido pela interpretação do padre Fábio de Mello da música Seja Bem-Vindo, de autoria do sacerdote brasileiro. Um telão de 80 metros por 12 metros exibirá cenas da cultura, riquezas naturais e demonstrações de fé católica do povo brasileiro. A cantora Fafá de Belém também vai se apresentar. No mesmo dia, está prevista uma visita do papa à comunidade de Varginha, no Complexo de Manguinhos, às 11h.

Na sexta-feira, a orla de Copacabana terá a Via Sacra, considerada a grande atração do evento. Com duração de uma hora e 15 minutos, o ritual percorrerá 900 metros da Avenida Atlântica, da Rua Paula Freitas à Avenida Princesa Isabel, com 13 estações montadas nos canteiros centrais da via, cada uma com reproduções de trechos da Via Dolorosa, em Jerusalém, onde o caminho foi percorrido por Jesus, de acordo com a fé cristã.

A 14ª estação será o próprio palco, onde o papa aguardará a cruz. Um elenco de 300 pessoas fará parte do cortejo, no qual a atriz Cássia Kiss interpretará Maria. Ana Maria Braga, Murilo Rosa, Eriberto Leão e Lívia Aragão, filha de Renato Aragão, entre outros, lerão textos em cada uma das estações que vão relacionar o sofrimento de Jesus ao do jovem solidário.

No sábado, a programação se desloca para o campus fidei (campo da fé, em latim), em Guaratiba, onde será a vigília. A cerimônia contará com 13 shows de 50 artistas nacionais e estrangeiros, entre 10h e 0h. Devem se apresentar o sertanejo Luan Santana, que cantará uma música religiosa, e os padres Marcelo Rossi, Reginaldo Manzotti e Fábio de Mello. O ator Tony Ramos e um grupo de 200 jovens em recuperação de dependência química estarão entre as participações especiais.

No domingo, a missa de envio encerrará a Jornada Mundial da Juventude. Está previsto um flash mob (abreviação de flash mobilization, termo em inglês que significa mobilização rápida, normalmente combinada por mensagem de celular) que pretende reunir 2 milhões de pessoas em uma coreografia que será ensaiada no dia anterior. A missa começa às 10h e termina às 12h. Duas bandas de músicas religiosas católicas, Rosas de Saron e Dominus, encerram o evento.
Tags:

publicidade