SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Semana de farra

O período de férias do começo do ano nos Estados Unidos, conhecido como spring break, leva milhares de universitários dos locais mais frios para as praias do Caribe. Antes de cair na balada, é preciso alguns cuidados, como contratar um seguro-viagem

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/03/2014 16:40 / atualizado em 27/03/2014 14:49

Laisa Queiroz /

SB viagens/divulgação
Dificilmente, alguém vai discordar que Cancun, no México, é o destino certo para quem procura belas praias, sítios arqueológicos famosos e muita diversão. Durante todo o ano, não faltam festas animadíssimas. Ainda assim, existe um período para ir à cidade se o entretenimento é a prioridade: de março a abril.

Nos Estados Unidos e no Canadá, o spring break equivale à Semana do Saco Cheio no Brasil. Acontece na primavera e é quando as universidades liberam os alunos por uma semana. Boa parte deles vai aproveitar o sol de Cancun. Como o evento já ficou conhecido mundo afora, vai gente de muitas nacionalidades, inclusive brasileiros, além dos norte-americanos — o que faz as baladas se estenderem por vários dias.

Os principais hotéis da cidade organizam as conhecidas pool parties, que são festas na piscina, durante o dia — ou seja, se você quer relaxar, não vá para Cancun nessa época, pois é praticamente impossível encontrar um resort tranquilo. O mais famoso é o Oasis Cancun. Lá, os universitários participam, inclusive, de gincanas.
YOUTUBE/REPRODUÇÃO

À noite, as principais boates são Coco Bongo, Señor Frog e The City. Todas elas capricham nos efeitos, por vezes acompanhados de dançarinos acrobatas pendurados no teto, malabaristas ou algo do tipo. Tudo para captar a atenção dos jovens. A tequila, como sempre, é sucesso absoluto de público nas casas.

Se o spring break faz o seu perfil, ainda dá tempo de aproveitar o fim da festa. Algumas agências oferecem pacotes que saem do Brasil em poucos dias. Antes de contratar o serviço, lembre-se de seguir alguns conselhos, como contratar um seguro-viagem e evitar sair para as festas com muito dinheiro (leia mais em Dicas).

Outras versões

Não é só no país caliente que o spring break tem lugar. Os croatas também entraram na onda e fizeram a própria releitura das festas mexicanas. Lá, a bagunça rola solta em duas edições neste ano: de 5 a 9 de junho e de 18 a 22 de junho. Os maiores frequentadores são os húngaros, os italianos, os alemães, os franceses e os austríacos.
SB viagens/divulgação

O visual paradisíaco escolhido pelos europeus foi a Ilha de Pag, na Croácia, com praias belíssimas. Entre os diferenciais, estão as competições com esportes aquáticos do evento e as opções culturais que, segundo a organização, dá para aproveitar, já que o local não enche tanto quanto Cancun, como museus e galerias de arte.

No Brasil, também foi criado uma versão do spring break mexicano. Tudo acontece em Florianópolis, mais especificamente nas praias da Joaquina e de Jurerê Internacional. As baladas são nos Café de la Musique, El Divino e Pachá. Há agências que fazem esse tour especialmente para os formandos do ensino médio, uma forma mais regrada, porém divertida, de aproveitar a época antes de completar 18 anos.

Quem leva
SB Viagens
sbviagens.com.br
(11) 4302-5235

Spring break Cancun. Duração: sete noites. Inclui: aéreo saindo de Brasília, traslados, seguro-viagem internacional básico, hospedagem no Hotel Oasis Cancun all inclusive, city tour, equipe da SB Viagens durante todo o passeio e opção de sete baladas open-bar à parte. Preço: a partir de R$ 4,6 mil por pessoa em apartamento duplo. Saídas: 25 e 26 de março.

STB
www.stb.com.br
3223-1919

Spring break em Cancun. Duração: 10 noites. Inclui: aéreo saindo de Brasília, transfers, quarto duplo em hotel categoria turística e regime all inclusive. Preço: a partir de US$ 2.398 mais R$ 100 (taxa STB), por pessoa.
Tags:

publicidade