SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

CIDADANIA »

Comunidade on-line

Moradores de São Sebastião usam a internet para apontar problemas da cidade e cobrar soluções. Mapa interativo, que conta com colaborações voluntárias, registra as queixas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/04/2014 17:00

Roberta Pinheiro

Criador do site, Carlos Alberto incentiva a participação popular: mobilização repercute (Ed Alves/CB/D.A Press) 
Criador do site, Carlos Alberto incentiva a participação popular: mobilização repercute

Há alguns anos, a cidade de São Sebastião sofre com problemas de violência, guerras de gangue, ruas cheias de buracos, problemas na área da saúde, além dos acidentes de trânsito que, muitas vezes, tiram a vida de moradores da região. Cansada de esperar por providências que nunca chegam, a população tem, a cada dia, tomado consciência dos problemas e se organizado para modificar o dia a dia da cidade. Entre eles está o programador e técnico em informática Carlos Antônio dos Santos Costa. Com apenas 23 anos, ele criou um site para mapear os problemas de São Sebastião. Incomodado com recorrentes sinais de descaso do poder público, ele colocou no ar o Problemas da City. Carlos conta com a ajuda da população para encontrar as notícias e ele mesmo busca respostas na administração da cidade.

O site começou como um blog de notícias de São Sebastião, mas, a cada nova denúncia, o projeto foi ganhando forma. Ele acompanha as reclamações, publica textos de outros veículos de comunicação e, agora, planeja publicar as notícias em áudio. “O meu objetivo é que a página se torne uma ferramenta de esclarecimento da população da cidade e isso mude a cidade”, afirmou. Carlos não pretende só identificar os pontos críticos, mas acompanhar as ações e mostrar o que já foi feito.

Antes de lançar o Problemas da City, ele perguntou, na sua página em uma rede social, quais eram as principais queixas dos moradores. Como resposta, teve mais de 190 comentários. “Choveram problemas. Uns dias depois, peguei um carro emprestado e fui fazer as fotos das denúncias. Fiquei impressionado com a situação, a cidade está bem abandonada”, lembrou. Na opinião do jovem, falta fiscalização, e a comunidade parece ter desistido de buscar por mudanças. “Aqui tem muita gente que sai cedo, só volta para casa à noite e acaba sem ver alguns problemas. O objetivo da página é ir além disso. Vejo que as pessoas abrem mão de fazer as reclamações na administração porque tem fila e demora muito, mas isso não deveria acontecer”, comentou.

No site, Carlos pontua, em um mapa interativo, os problemas da cidade, como a falta de boas quadras de esporte, os parquinhos enferrujados e a falta de coleta de lixo. Mas o rapaz também questiona o posicionamento dos políticos que, segundo ele, só lembram da cidade em época de eleição. “A comunidade não quer um candidato paraquedas que vem aqui uma vez a cada quatro anos. Faltam projetos em prol da comunidade”, critica. Manter o site não é fácil nem seguro. A ideia já rendeu ameaças e situações desagradáveis. “A minha família até pediu para eu desistir, mas eu não quero. A gente precisa mostrar o desamparo a São Sebastião”, ressalta.
Tags:

publicidade