SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Alunos de ensino médio viajam para o Canadá

Em viagem da escola, estudantes vão estudar inglês e passear

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/07/2012 14:35

Ana Catarina Fonseca/Marista João Paulo II
Hoje (9/7) é um dia de nervosismo e expectativa para 17 jovens que cursam a 1ª série do ensino médio no colégio Marista João Paulo II, da Asa Norte. Nesta manhã, eles embarcaram para um voo que aterrissa no Canadá. Lá, vão estudar inglês, ciências, informática, esporte e até artesanato durante quatro semanas no Columbia International College, em Hamilton, cidade da província de Ontário. Para muitos, é a primeira viagem ao exterior e a primeira aventura longe dos pais, mas eles não vão estar totalmente sozinhos, pois a vice-diretora da escola vai acompanhar todo o passeio. Além de estudar, eles vão conhecer cidades canadenses como Quebec e Toronto.

Carlos Miller Filho tem 15 anos e nunca viajou para o exterior. “Estou um pouco nervoso por sair do país, mas vai ser bom para minha cultura e meu futuro”, conta. Quando chegar ao destino, Carlos vai ter que escolher dois ou três companheiros de quarto para dividir um alojamento e se virar sozinho. “Já viajei com a escola para São Paulo. Nessa viagem vai dar para testar minha independência”, finaliza.

A gaúcha Thaís Coratini tem 16 anos e está ansiosa para conhecer outro país pela primeira vez. Thaís acha que vai ter dificuldades para se comunicar em inglês, mas, com o tempo e com o curso, ela deve melhorar. “Sou muito tímida e não falo muito com as pessoas do meu colégio que vão viajar. Espero voltar falando bem inglês e também quero fazer amizades”, explica.

Carolina Veiga, de 14 anos, já passou uma temporada no Texas (Estados Unidos) com os pais em 2008. Esta é a primeira vez que ela vai para outro país sem a família. Ela pretende aproveitar para fazer compras. “Não vou levar muita coisa de valor, mas quero fazer compras”. Entre os itens de desejo de Carolina estão um iPhone, roupas, maquiagem e perfumes. “São coisas que estou precisando e que são muito mais baratas lá”. A estudante admite ser um pouco desatenta: “Tenho medo de acabar perdendo meu cartão de crédito, por exemplo”. Carolina estuda inglês na escola e acredita que não vai ter dificuldade com a língua. “Não faço inglês em cursinho, mas meu nível é bom. Acho que todo mundo vai entender o que eu falar”.
Tags:

publicidade

publicidade