Servidoras levam espetáculos contra as drogas a colégios do DF

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/07/2012 10:14

Subsecretaria de Políticas Sobre Drogas/divulgação
Quatro servidoras da Secretaria de Justiça fazem parte do elenco de uma peça de teatro sobre viver a vida sem drogas, que está sendo apresentada em escolas de Brasília. A iniciativa é da Subsecretaria de Políticas sobre Drogas para conscientizar estudantes de ensino fundamental (com idades entre 5 e 11 anos) sobre os riscos e consequências de experimentar substância ilícitas.

Na próxima quarta-feira (1/8), por exemplo, elas estréiam a peça Quero ser feliz, e você? no colégio Delta de Planaltina (DF). O cenário é Felizlândia, cidade fictícia onde muitas crianças usam drogas nas ruas. Bilú recém-chegada no lugar, fica amiga das moradoras Nanda e Duda e juntas elas viram heroínas ao passarem um importante recado para os habitantes de Felizlândia: é perigoso usar drogas e consumir indevidamente produtos de limpeza, como alvejantes, amaciantes e detergentes.

As funcionárias públicas ganham papel de atrizes e, além da peça, fazem palestra e debate com os estudantes, que ganham cartilhas sobre os prejuízos de usar álcool, crack, cocaína, maconha e outras substâncias. Os pais dos alunos também são convidados para entrar na discussão. Além de envolver a família, após a peça, os professores continuarão a desenvolver o tema antidrogas em sala de aula.

O projeto faz parte do Programa de Enfrentamento ao Uso do Crack e Outras Drogas, lançado pelo Governo em setembro do ano passado. Além das escolas, parcerias permitem levar a conscientização sobre os perigos das drogas a operários de canteiros de obras e postos.

Anote!

Qualquer escola, pública ou particular, pode agendar para receber uma peça sobre viver a vida sem drogas. Basta ligar para Subsecretaria de Políticas Sobre Drogas, pelo telefone 2104-1822.
Tags: