SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Diretores de escolas públicas do DF tomam posse nesta segunda (10)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/09/2012 14:50 / atualizado em 10/09/2012 17:19

Bruno Peres/CB/D.A Press
Os diretores e vice-diretores de escolas públicas do Disitrito Federal, eleitos em 22 de agosto, tomaram posse nesta segunda-feira (10/9). Essa foi a primeira eleição em dez anos com plena participação da comunidade escolar, pais ou responsáveis, alunos, professores e servidores.Os mandatos vão até 2013.

As eleições escolares registraram 1,2 milhões de votos nas 649 escolas que tiveram candidatos inscritos. Todas as instituições de ensino atingiram o quórum necessário para a eleição da gestão. Do total, quatro foram rejeitadas pela comunidade, quatro receberam recursos e tiveram as eleições anuladas e 18 não apresentaram nenhuma chapa. Em um prazo máximo de 180 dias, novas eleições devem ocorrer para as escolas sem chapa e aquelas que apresentaram problemas na eleição. As escolas que não obtiveram a aprovação da comunidade não passarão por novo processo eletivo. Elas receberão os gestores indicados pela Secretaria de Educação do Distrito Federal.

Após a cerimônia de posse, os novos gestores e conselheiros escolares participaram de aula inaugural de um curso de noções de gestão administrativa e finaceira, ministrada pelo secretário de Educação, Denilson Bento da Costa. O curso terá duração de 180 horas e tem o objetivo de capacitar os gestores para o cumprimento eficiente do plano de trabalho apresentado à comunidade escolar no ato das eleições. Os diretores e vice-diretores dedicarão três horas por semana para o curso.

O curso ajudará na gestão de verbas liberadas pelo governo por meio do programa de descentralização administrativa e financeira (PDAF), que dá mais autonomia e independência nas ações e projetos pedagógicos. Também auxiliará no uso de ferramentas tecnológicas de planejamento estratégico. O chamado PDE Interativo, do Ministério da Educação, permite a avaliação de todos os indicadores das escolas, como o Índice de Desenvolvimento da Educação Báscia (Ideb), aprovação, reprovação e condições e materiais.

Colaborou Arthur Paganini

Tags:

publicidade

publicidade