SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Garimpador de leitores

Maurício Leite , o brasileiro que dedica a vida despertando nas crianças a paixão pelos livros, montou a kombi da leitura no pilotis do prédio da Biblioteca Municipal de Luziânia (GO)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/09/2012 15:07 / atualizado em 20/09/2012 11:11

 

 (Maurenilson Freire/CB/D.A Press) 

Natural de Mato Grosso, Maurício Leite, 58 anos, pegou uma maleta azul e saiu viajando pelo mundo afora. A maleta já foi carregada a pé, a cavalo, de bicicleta, de avião, de carro e de caminhão. Nada de roupas nem sapatos, ali só tem espaço para livros!

Maurício carrega livros para ler para crianças com simplicidade e bom humor. O moço da mala azul não é contador de histórias nem escritor: ele é promotor de leitura. Ele não conta, mas lê histórias. Ele não escreve, mas leva livros.


Kombi da leitura

Meninos e meninas se afastaram da Biblioteca Municipal de Luziânia, fundada em 2008. Para conduzir essa garotada de volta aos livros, Maurício Leite inventou sua mais nova empreitada: uma kombi para ler. É uma parceria com a Secretaria de Educação da cidade desde 13 de dezembro do ano passado.

A kombi é branca, com desenhos colorido, cortinas floridas e pneus furados. Um boneco de pano é o motorista. O carro abrigava um galinheiro e hoje é um guarda-livros e gibis. As portas se abrem para qualquer pessoa interessada em ler.  Além dos livros, outra atração é o próprio Maurício Leite que, quando não está levando leitura para áreas rurais nas redondezas, está na kombi, lendo para a garotada.

Maurício Leite dá voz aos personagens dos livros (Gustavo Moreno/CB/D.A Press) 
Maurício Leite dá voz aos personagens dos livros

Público mirim

Alunos do Centro Municipal de Educação Básica Maria de Nondas foram conferir leituras de Maurício Leite na kombi. Nem todos podiam ir, então, só foi para lá quem gostava muito, mas muito mesmo, de ler. Lucas Barbosa, 9 anos, foi um dos escolhidos. O menino de cabelo cogumelo é uma exceção entre a maioria das crianças: prefere ler a ver televisão ou usar o computador. O motivo? Ele conta:

— Com livros a gente aprende muito mais para saber escrever bem e ir melhor na escola. E eu adoro livros engraçados, me divirto muito.

Brida Soares, 10, chama a atenção por ter mexas rosas no cabelo. Ela sabe de cor o nome dos autores de suas obras preferidas:

—  O que eu mais gosto de fazer é ler e tenho dois favoritos: Um dono para Buscapé, de Giselda Nicolelis, e Carnaval na Floresta, de Rose Sordi.

Thais Miranda, 9, ganhou o primeiro livro da vida no ano passado e é apaixonada por ele: A bailarina fantasma, de Socorro Acioli. Thais se encantou por Maurício Leite:

— O Maurício é diferente dos outros adultos, é quase uma criança lendo pra gente.

Alunos da Escola Maria de Nondas: lendo na kombi (Gustavo Moreno/CB/D.A Press) 
Alunos da Escola Maria de Nondas: lendo na kombi

Homem das letras

A trajetória de Maurício Leite pela literatura começou em 1980, na Ilha do Bananal, divisa de Tocantins com Mato Grosso e Goiás. Lá, Maurício começou a ler para crianças indígenas e de zonas rurais. Então, por 20 anos, viajou por países de língua portuguesa, da Europa e da África, além de Espanha, México e Estados Unidos, com o projeto Malas de leitura. Hoje, ele mora em Portugal, em Cascais.

Maurício está passando uma temporada em Luziânia (GO), a 60km de Brasília, onde fica até outubro. Todas as viagens dele têm uma única razão: fazer crianças se interessarem por livros. E com ele lendo, não tem quem não se interesse... Não fosse sua estatura, Maurício Leite poderia se camuflar no meio das crianças quando começa a ler. Ele lê, dá voz a personagens e traz vida a textos. Cada história dura cerca de 2 minutos e 30 segundos. E a cada livro lido, Maurício lidera o coro de vozes a dizer “Vitória, vitória, vitória, acabou a história!”


“Receita para fazer ler: dar o livro certo, para a pessoa certa, na hora certa... E sair de perto”

“Os livros me emprestam asas”

“Leitura traz conhecimento e conhecimento é poder”
 
 
Para pais e mestres
Aprenda a fazer crianças se apaixonarem pela leitura

Formar novos leitores e, muito mais que isso, fazer crianças gostarem de ler de verdade. Esse é o objetivo do promotor de leitura Maurício Leite que vai dar uma oficina para pais e professores trazendo uma técnica especial com livros e brinquedos diferenciados. Os participantes vão sair do treinamento capacitados para fazer da leitura e do aprendizado algo divertido, simples e criativo. Maurício já rodou todos os países falantes de língua portuguesa, além de Estados Unidos, México e Espanha, lendo para crianças e tem experiência de sobra para atrair meninos e meninas para páginas da literatura. É no sábado (22/9), das 14h às 18h, na Biblioteca da 108/308 Sul. As inscrições custam R$ 50 e podem ser feitas na hora. Não perca!
Tags:

publicidade

publicidade