SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Estudantes do Cabo são orientados como evitar acidentes do período de chuva

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/03/2013 13:38

Diário de Pernambuco

O Projeto Defesa Civil nas Escolas da Secretaria de Defesa Social do Cabo de Santo Agostinho visitou hoje cerca de 500 alunos da escola-modelo Padre Antônio Melo Costa, na Charneca. Os estudantes receberam uma equipe da Defesa Civil que deram  orientações sobre os cuidados que devem ser tomados para morar de forma segura nas áreas de morro.
O objetivo é preparar crianças e jovens do ensino fundamental e médio das escolas municipais e estaduais, além de pais e mães, sobre como a população deve proceder no período chuvoso e a importância da preservação do meio ambiente.
No encontro desta sexta-feira houve também uma distribuição de panfletos, com informações para evitar os riscos e sinais de perigo e o número da Defesa Civil, o nº 0800 281 8531, cuja ligação é gratuita. Na ação, as crianças e jovens são conscientizados sobre a necessidade de repassar as informações recebidas para as famílias e para a comunidade onde mora.

De acordo com a gerente da Defesa Civil, Ana Sandra de Arruda, a defesa também está intensificando os trabalhos preventivos em reuniões com moradores das áreas de risco, atualização de cadastro, visitas domiciliares, vistorias nas residências e colocações de lonas plásticas. Além disso, ações integradas com outras secretarias estão sendo feitas como na limpeza de canais, canaletas e encostas.

Confira como os moradores podem colaborar com a Defesa Civil:

- Não cortar barreiras sem a orientação da Defesa Civil;
- Conduzir as águas servidas e de chuvas para a caneleta mais próxima;
- Evitar construir fossas nas bordas dos barrancos;
- Não plantar bananeira nas barreiras;
- Não jogar lixo nas barreiras, pois provoca deslizamento e desabamento das moradias;
- Não jogar lixo em canais e canaletas, e limpar sempre para evitar entupimento;
- Não destruir a vegetação do morro e das encostas para assentamento de casas.

Alguns sinais de perigo:

- Árvores, muros e postes inclinados;
- Rachaduras ou trincas no terreno;
- Degraus ou rebaixamento do solo;
- Novas rachaduras ou trincas na casa;
- Águas mais barrenta que o normal;
- Muros e paredes estufados.

Na ocasião de fortes chuvas, se sua casa oferecer risco, desocupe o lugar e se dirija para um local seguro. Para mais informações ou fazer denúncias, os moradores podem dirigir-se diretamente à Gerência Regional mais próxima, ou ligar para a Defesa Civil através dos telefones 0800-281-8531 ou 3521-6701. O atendimento é feito durante 24 horas.

 

 

 

Tags:

publicidade

publicidade