SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Adolescente esfaqueia colega na sala de aula após provocação no Facebook

A vítima foi esfaqueada na barriga e teve de passar por cirurgia. O agressor foi detido e encaminhado para a delegacia da cidade

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/03/2013 18:45

Estado de Minas

Estudantes da escola foram para a rua depois que o caso aconteceu (Manhuaçu/Notícias) Estudantes da escola foram para a rua depois que o caso aconteceu

Uma briga entre adolescentes por causa da rede social Facebook por pouco não terminou em tragédia no município de Manhuaçu, na Região da Zona da Mata mineira. Um estudante de 16 anos ficou nervoso com algumas mensagens postadas por um amigo na linha do tempo de seu perfil e esfaqueou o colega na barriga dentro da sala de aula da Escola Estadual Antônio Welerson. A vítima foi encaminhada para o hospital onde passou por cirurgia. O agressor foi detido e encaminhado para a delegacia. O desentendimento entre os dois alunos começou na última semana. P.S.P afirmou aos militares que a vítima W.L.T.S conseguiu a senha do Facebook de um terceiro garoto. Com o perfil desse estudante, ele começou a postar mensagens provocativas na linha do tempo de P. Em uma das postagem, W. cita o nome do garoto e diz “estou com saudade”. Insatisfeito com a provocação, P. levou uma faca para a escola na última segunda-feira para atacar o rival. Quando foi detido, nesta quinta-feira, o adolescente chegou a dizer para os policiais que sua intenção era “acertar as contas” com outro menor. Porém, a W. faltou a aula neste dia. Ao chegar na escola na manhã desta quinta-feira, as provocações por parte de W. não cessaram. Durante a aula, ele abordou P. e disse que o colega, que teve o perfil haqueado, estava mandando mensagens amorosas para ele. P. esperou o momento do intervalo, retirou a faca peixeira da mochila e desferiu um golpe na barriga da vítima. W. saiu correndo da sala sangrando e gritando por ajuda. A vice-diretora da escola percebeu o tumulto e socorreu a vítima. O autor não esboçou nenhuma reação e foi levado para a sala da diretoria junto com a faca. O Corpo de Bombeiros socorreu o adolescente e o encaminhou para o Hospital César Leite. O garoto teve de passar por cirurgia devido a gravidade do ferimento. A unidade de saúde não informou o estado de saúde dele. O autor das agressões foi detido e encaminhado para a delegacia da cidade juntamente com o padrasto. Segundo a Polícia Militar, o caso foi registrado como lesão corporal. O em.com.br ligou para a escola e foi informado por funcionários que os membros da diretoria estavam no hospital para acompanhar o estado de saúde do adolescente ferido. Uma funcionária, que não quis se identificar, afirmou que o caso já é acompanhado pela Superintendência Regional de Ensino. Uma reunião deve ser realizada nesta sexta-feira para explicar aos pais dos estudantes o que aconteceu na escola. Também haverá um encontro para definir a punição do menor agressor.

Tags:

publicidade

publicidade