SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Rede vai conectar crianças de todo o país em defesa da sustentabilidade

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/03/2013 18:16

Júlia Pires tem 10 anos de idade e participa da Rede+Criança – Alô, Planeta Terra: Vamos nos Conectar, lançada hoje (22), no Espaço Tom Jobim, no Jardim Botânico, zona sul do Rio de Janeiro, com a presença da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira. A iniciativa torna permanente o projeto +Criança na Rio+20, promovido pela Fundação Xuxa Meneghel para garantir o envolvimento de crianças e adolescentes nas discussões da Conferência das Nações Unidas (ONU) para o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), ocorrida no Rio de Janeiro, no ano passado.

Na conferência da ONU, foi entregue à ministra Izabella Teixeira A Carta das Crianças para a Terra, produzida por crianças de todas as regiões brasileiras. O documento aponta soluções para diversos problemas que dificultam a sustentabilidade no Brasil. A Rede+Criança constitui o primeiro grupo de crianças brasileiras que vão tratar o tema sustentabilidade por meio de uma plataforma digital, desenvolvendo propostas para uma vida sustentável.

Júlia Pires disse à Agência Brasil que a experiência é “muito legal”. Por meio da ferramenta digital, ela pode se inteirar do que as outras crianças do país “estão precisando na escola, na comunidade, em um monte de lugares”, disse. Júlia concordou que isso “é muito importante para a discussão da sustentabilidade”. Rafaeli Amaral, de 11 anos, é da mesma opinião. Para ela, as crianças têm muito a contribuir para tornar o Brasil mais sustentável.

A ministra do Meio Ambiente disse ver com muita alegria o avanço do projeto idealizado pela Fundação Xuxa Meneghel. “Recebi A Carta da Terra feita pelas crianças. Ela está no meu gabinete e eu tenho que olhar todo dia para a carta a fim de me lembrar dos compromissos”. A ministra estava acompanhada da presidenta da Fundação Xuxa Meneghel, a apresentadora Maria da Graça Xuxa Meneghel.

Izabella Teixeira ressaltou a importância das crianças para a construção de um Brasil melhor no futuro. “Não adianta falar do futuro sem conversar com quem vai ser o futuro. A gente fala em meio ambiente, em sustentabilidade, fala sempre sobre as futuras gerações, o futuro do planeta. Mas são eles que vão receber a nossa herança. Então, nós temos que trabalhar com eles para ver o que eles querem receber também”. Para a ministra, esse é um aspecto positivo do projeto Rede+Criança: “Poder dar essa perspectiva do hoje a respeito do futuro”.

Outro aspecto de destaque, frisou, é que o projeto traduz para a instância local as várias realidades brasileiras. “O trabalho da Fundação Xuxa é muito legal porque pegou o Brasil inteiro. Realidades do interior do Pará, da Bahia, do Rio de Janeiro, do Sul, mostrando pela escola, sempre por intermédio da educação, que com os compromissos locais a gente faz um planeta melhor”.

Durante o evento, que contou com a participação da atriz e ambientalista Christiane Torloni, que leu para os presentes A Carta das Crianças para a Terra, foi apresentada a plataforma digital desenvolvida para promover a comunicação da rede e que permitirá a participação das crianças em ações nas suas regiões e em todo o território nacional sobre a questão da sustentabilidade.

 

Tags:

publicidade

publicidade