SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Evento

Dilma inaugura escola profissionalizante para 540 alunos em Fortaleza

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/04/2013 10:32

A presidenta da República, Dilma Rousseff, e o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, inauguraram nesta terça-feira, 2 de abril, a Escola Estadual de Educação Profissional Jaime Alencar de Oliveira, em Fortaleza. O governador do Ceará, Cid Gomes, e outras autoridades estiveram presentes. A escola, que fica no bairro Luciano Cavalcante, é a 91ª unidade de educação profissionalizante no estado e a 18ª de Fortaleza.

“Meu governo tem compromisso com as pessoas e, por isso, com a educação”, disse a presidenta. “Queremos construir uma nação mais igual. Nos últimos anos provamos que este pais só será grande e forte se as pessoas forem consideradas parte dessa riqueza. E para isso, educação é fundamental.”

Até 2015, a instituição atenderá 540 alunos em tempo integral, com uma proposta pedagógica voltada para o ensino médio e educação profissional. Serão ofertados cursos de eletromecânica, desenho de construção civil, informática e produção de áudio e vídeo. De acordo com a secretaria de educação do Ceará, a escola já possui 180 alunos matriculados, referente ao processo seletivo encerrado em março deste ano. As aulas terão início na próxima segunda-feira, 8.

“Dessa escola, vocês vão sair com o ensino médio e uma profissão”, disse o ministro Mercadante. “Para quem quiser continuar estudando, já temos mais de um milhão de alunos com bolsas do ProUni [Universidade para Todos] e mais de 800 mil contratos do Fies [Programa de Financiamento Estudantil].”

As escolas técnicas oferecem cursos com duração de três anos e o estudante também tem acesso ao estágio obrigatório e remunerado. Os alunos permanecem na instituição de 7h às 17h, tendo direito a três refeições diárias, livros didáticos e todo apoio necessário à aprendizagem.

Estrutura – A escola Jaime Alencar possui 12 salas de aula, estrutura de 5.577,39 metros quadrados, auditório para 200 lugares, biblioteca e dependências administrativas. Os estudantes terão ainda laboratórios tecnológicos, de línguas, informática, química, física, biologia e matemática. Para fortalecer o esporte e a cultura locais, o espaço vai dispor de um ginásio poliesportivo e um teatro de arena.

A escola estadual Jaime de Oliveira foi construída com recursos do governo do Estado. O Ministério da Educação forneceu mais de R$ 1 milhão para a compra de mobiliário e equipamentos.

A iniciativa faz parte do programa Brasil Profissionalizado, que desde 2007 visa fortalecer as redes estaduais de educação profissional e tecnológica. O programa repassa recursos federais para que os estados invistam em suas redes.

O estado do Ceará possui cinco convênios Brasil Profissionalizado,  que totalizam mais de R$ 300 milhões em ações de construção, ampliação, reforma e aquisição de acervo bibliográfico, equipamentos, mobiliários e materiais didáticos.

Royalties – Dilma lembrou que o Brasil carece de mais recursos para investir em educação. “Não eh só na construção de prédios e sim no custeio da educação em tempo integral”, disse, voltando a defender a destinação dos royalties do petróleo para a educação. “O petróleo não é uma riqueza renovável, por isso, temos que transformá-lo numa riqueza nobre. O que é nobre para um pai e uma mãe? Que seus filhos tenham educação melhor do que eles.”

Ana Carine do Nascimento Menezes, 15 anos, é um dos 180 alunos matriculados na Escola Estadual Jaime Alencar de Oliveira. A aluna do primeiro ano vai cursar desenho civil, juntamente com o ensino médio. Ela afirma que adora desenhar e quer ser arquiteta. "É uma ideia muito bacana porque a gente sai com uma profissão. Minha mãe não teve essa oportunidade, mas eu estou tendo. É maravilhoso", salientou.
Tags:

publicidade

publicidade