SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Sesi-SP representa o Brasil em torneios internacionais de robótica

Alunos da escola Sesi de Ourinhos participam do maior festival de ciência e tecnologia do mundo nos Estados Unidos e equipe do Sesi de Itapetininga participará de campeonato na Europa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/04/2013 18:33 / atualizado em 25/04/2013 18:40

Divulgação
De 24 a 27 de abril, o time Sesi Robotics School representará o Brasil no mais importante festival de ciência e tecnologia do mundo, o FLL World Festival, sediado nos Estados Unidos. A equipe formada por oito alunos da escola SESI de Ourinhos é o atual campeão nacional de robótica na categoria FIRST Lego League,  título conquistado no início do mês de março em competição que contou com 57 times de escolas públicas e particulares de 11 estados brasileiros. Já o Sesi ItapêRobota, vice-campeão brasileiro, participará entre  7 e 10 de maio do FLL Open European Championship 2013,  que contará com 54 times de mais de 35 países e será sediado em Paderborn, na Alemanha.

A participação  em torneios internacionais é resultado do trabalho realizado nas 175 escolas do Sesi -SP, que busca desmitificar o uso da tecnologia na vida moderna e estimular o desenvolvimento de competências e habilidades para a aplicação da ciência. Para que os estudantes do 5° ao 9° ano possam praticar o que foi ensinado nas aulas da disciplina de robótica educacional, o Sesi-SP organiza, desde 2009, um torneio que envolve de forma ativa mais de 30 mil alunos da rede a cada ano.

A competição de robótica se insere na modalidade FIRST LEGO League(FLL) - promovida pela organização sem fins lucrativos FIRST. O objetivo da FLL é ensinar conceitos de ciência e de tecnologia de uma forma divertida aos jovens com idade entre 9 e 15 anos. Reunidos em times de 4 a 10 integrantes e coordenados por um adulto, os competidores precisam usar a imaginação e a criatividade para investigar problemas e buscar soluções inovadoras que contribuam para um mundo melhor. Cada ano a modalidade tem um tema diferente a ser desenvolvido. O desafio enfrentado pelas equipes de Ourinhos e Itapetininga, por exemplo, foi a melhoria na qualidade de vida da terceira idade.

Nesta semana, o time de Ourinhos estará na disputa nos Estados Unidos com a pulseira Guardian, desenvolvida para facilitar a localização de idosos com Alzheimer. Além de poder ser localizada por GPS, a pulseira  tem  um código de barras com informações sobre o usuário. Durante a realização do torneio, os jovens devem apresentar o trabalho de pesquisa e participar da competição de robôs, que precisam cumprir missões preestabelecidas. O resultado do torneio deve ser divulgado no próximo sábado (27/4). Para saber mais, visite a página da Robótica SESI no Facebook.
Tags: fll robótica

publicidade

publicidade