SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

COPA DAS CONFEDERAÇÕES »

De mãos dadas com os craques

Vencedores de um concurso de desenhos, 20 alunos da rede pública do DF ganharam como prêmio a chance de acompanhar os jogadores da Seleção Brasileira antes da partida contra o Japão, no próximo sábado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/06/2013 18:00 / atualizado em 10/06/2013 10:35

Camila Costa

Iano Andrade
Maria Clara, Jardylene e Danielly. Três meninas e apenas um sonho: conhecer o Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, em 15 de junho, quando Brasil e Japão vão se enfrentar, na abertura da Copa das Confederações. Elas e mais 17 crianças da Escola Classe da 114 Sul vão tornar real o sonho de entrar de mãos dadas com os jogadores da Seleção Brasileira, antes do início da partida. Os estudantes são os vencedores do concurso Sonho de craque, que premiará à garotada ter a chance de entrar em campo ao lado de grandes atletas do futebol brasileiro, como o craque Neymar.

O concurso começou em abril e os alunos tiveram um mês para preparar um desenho inspirado no torneio. Tinha de ser criativo, original e fiel ao tema. As apostas de cada aluno foram depositadas em um urna, recolhida no mês passado e levada para São Paulo, onde os melhores trabalhos foram selecionados. O de Maria Clara Souza Coelho dos Reis, 10 anos, foi um dos escolhidos em meio a aproximadamente outros 200.

A menina deixou a imaginação fluir e retratou em uma folha de papel vários jogadores, em clima de vitória, com uma torcida bem diferente, que misturava pessoas e animais. “A ideia foi surgindo na minha cabeça e eu fui desenhando”, contou. A menina não esconde a ansiedade. Ao falar da expectativa para o grande dia, os olhos brilham. “Vai ser a primeira vez que entro em um estádio de futebol”, comemorou. Ela já sabe quem pretende conhecer no dia da partida. “Quero entrar de mãos dadas com o Fred.”

A mãe de Clara, a doméstica Cláudia Sousa Coelho, 40 anos, está feliz com a chance única da filha e orgulhosa de o desenho da menina ter sido selecionado entre tantos outros. As duas moram em São Sebastião e, segundo a mãe, com as dificuldades do dia a dia e as condições da família, seria quase impossível proporcionar a oportunidade para a garota. “Tem a questão das passagens, é distante, acaba ficando contramão. Tenho um outro filho menor, de 4 anos, ficaria bem difícil. Além disso, sabemos quantas pessoas estão lutando por um lugar no estádio para ver o jogo e não conseguiram. É uma felicidade ela poder ir”, vibrou a mãe.

Outra estudante talentosa que terá a sorte de entrar no estádio com os jogadores do Brasil é Jardylene Gabriele de Aquino, 10 anos. O craque escolhido pela menina é o meia-atacante Hulk. A estudante é fã de futebol e pratica o esporte no período contrário às aulas. Não será a primeira vez que ficará ao lado de jogadores profissionais, pois já esteve com os atletas de um time do DF, o Brasiliense. Mesmo assim, ela garantiu que é a mais ansiosa. O desenho feito por Jardylene mostrou bem o sentimento da menina. “Fiz os jogadores e um coração”, contou.

Escolhido
Danielly do Nascimento Versiano, 9 anos, escolheu entrar com o jogador que é dono de um cabelo inconfundível. “Eu quero o Neymar”, disse. E não é pela desenvoltura com a bola. “Acho ele bonitinho”, revelou. Inspirada no jogador, ela desenhou quatro garotos jogando bola. A curiosidade da estudante vai além da admiração por Neymar. “Quero ver como é tudo no estádio, as cadeiras, o gramado, tudo”, garantiu.

Cada um dos 20 alunos irá para o estádio ainda de manhã, às 8h, com transporte oferecido pela organização do concurso e acompanhado de um responsável. Logo cedo, haverá um ensaio e, antes do jogo, vão participar de atividades recreativas. Eles ganharão kits com itens esportivos, como camisetas, bonés e chuteiras, e terão direito a lanche. Segundo a diretora da EC 114 Sul, Antônia de Marina Mesquita, foram escolhidos centros educacionais com mais de 150 alunos, e ter vencido a seleção é uma oportunidade única para os estudantes. “Temos crianças que nunca poderiam ir ao jogo, e oferecer isso é a minha maior satisfação”, explicou a diretora. A premiação à escola também incluiu R$ 10 mil em equipamentos esportivos. “Fizemos uma lista com golzinhos, tabuleiros de xadrez e mesas de totó que usaremos na recreação”, disse Antônia.


Temos crianças que nunca poderiam ir ao jogo, e oferecer isso é a minha maior satisfação”
Antônia de Marina Mesquita, diretora da Escola Classe 114 Sul


Sonho
O concurso cultural Sonho de craque foi promovido pelo McDonald’s e levará, ao todo, 352 crianças das cidades que vão sediar a Copa das Confederações da FIFA 2013 — Recife, Belo Horizonte, Salvador, Brasília, Rio de Janeiro e Fortaleza — para dentro dos estádios com os jogadores do futebol mundial. A ação foi desenvolvida para inspirar e incentivar a paixão das crianças pelo esporte. Participaram meninos e meninas de 6 a 10 anos das escolas municipais e estaduais selecionadas e filhos dos funcionários dos restaurantes da rede, com desenhos sobre a Copa. Em Brasília, os escolhidos foram os 20 alunos da Escola Classe 114 Sul.
Tags:

publicidade

publicidade