SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Começam as aulas nas escolas particulares do Distrito Federal

A maioria das escolas da rede particular de ensino retomou as atividades. O retorno dos alunos de escolas públicas está marcado para a próxima segunda

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/07/2013 13:11 / atualizado em 23/07/2013 20:18

O recesso escolar do meio do ano chegou ao fim para estudantes de escolas particulares na capital. De acordo com o Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal (Sinepe-DF), a maior parte das 470 escolas de ensinos fundamental e médio retorna das férias a partir desta segunda-feira (22/7). As escolas seguem a orientação dada pela Secretaria de Educação, que sugeriu essa data para o retorno do ano letivo. Cada estabelecimento escolar, no entanto, tem autonomia para decidir o próprio calendário de aulas.

Os alunos do Leonardo da Vinci voltaram às aulas nesta segunda-feira. A estudante do 7° ano Beatriz Baylo, 12 anos, gostou muito do primeiro dia do semestre. "O primeiro dia de aula depois das férias é mais divertido. Estava com saudades dos amigos", relata Beatriz, que diz já ter colocado toda a conversa em dia. 

Camila Brunca/ Esp. CB/ D.A Press
Já Matheus Oliveira, Sofia Mello e Beatriz Correa, todos de 10 anos, retornaram para a sala de aula na tarde da última quarta-feira (17/7). O trio aproveitou bastante o recesso. Sofia visitou a avó em Padre Bernardo, Matheus foi várias vezes ao cinema e Beatriz brincou com os primos e ainda leu As Crônicas de Nárnia para o colégio. Mas, após duas semanas de férias, os estudantes do 5º ano estavam animados para reverem os colegas do Maristinha. Alguns alunos, no entanto, resolveram voltar apenas nesta segunda-feira — data em que retornam também os alunos do ensino médio do Marista. "Achei meio estranho voltar no meio da semana", afirma Beatriz.

O regresso veio em clima de despedida. Em 2014, os meninos vão enfrentar os desafios do 6º ano do ensino fundamental. Além de mais puxado, o próximo ano letivo não contará com comemoração de dia das mães e de outras datas festivas e nem oferecerá o turno vespertino. "Temos que aproveitar tudo enquanto ainda podemos", declara Sofia.

Preparo
A liberdade de horários nas férias faz com que muitos estudantes saiam completamente do ritmo. Para a coordenadora pedagógica da Fundação Victor Civita, Regina Scarpa, a volta à rotina deve ser gradativa. Foi o que fez Matheus. Para começar bem a última etapa, o garoto, que estava dormindo bem mais tarde durante as férias, buscou se readaptar à rotina de estudos nos últimos dias de folga. "Voltei a dormir no horário de sempre porque senão ficaria muito cansado nos primeiros dias de aula", conta.

Segundo Regina, também é importante checar todo o material escolar e ter uma boa noite de sono na véspera da aula.  "Não dá pra cair de paraquedas no primeiro dia, tem que estar preparado para a aula", explica. Regina lembra ainda que o recesso escolar deve ser usado para colocar em dia o conteúdo. "É hora de zerar as pendências para não atrapalhar o segundo semestre, que deve ser melhor que o primeiro". 

Caso o estudante não tenha obtido boas notas na primeira metade do calendário letivo, a dica é preparar um plano de estudos. Regina sugere que o estudante mostre o planejamento e peça recomendações aos professores das disciplinas em que enfrenta dificuldades. " A conversa vai demonstrar ao professor que o aluno está consciente que deve melhorar o desempenho e interessado em recuperar a nota", avalia.

Trânsito

Com a volta às aulas, o trânsito na capital fica mais intenso. Para evitar transtornos, o Batalhão de Policiamento de Trânsito e o 1º Batalhão de Policiamento Escolar da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) devem intensificar o patrulhamento próximo às unidades de ensino do DF. O Batalhão Escolar do DF conta com 470 policiais e atende 1.090 escola públicas e particulares.

A PMDF divulgou em seu portal uma lista de recomendações aos pais e aos estudantes para garantir um retorno tranquilo às atividades escolares. Além de sair mais cedo para evitar congestionamento, recomenda-se acompanhar a criança até a entrada da escola.

Escolas públicas
A volta às aulas para os 486.429 alunos da rede pública de ensino ocorrerá a partir da próxima segunda-feira (29/7). O segundo semestre da educação de jovens e adultos (EJA) começa no dia seguinte (30/7). Os estudantes dos Centros Interescolares de Línguas (CILs) serão os últimos a retornarem das férias — as aulas iniciam em 8 de agosto. O calendário termina em 19 de dezembro para estudantes do ensino básico regular e em 20 de dezembro na EJA e no CIL.

Confira o calendário de volta às aulas
22/7 – Alub, Colégio Militar, Leonardo da Vinci, Sigma, Maristão
23/7 – Centro Educacional Maria Auxiliadora, Colégio Notre Dame
24/7 – Galois, Colégio Madra Carmen Salles
29/7 – Ciman, Colégio Dom Bosco, Colégio Montessori, La Salle, Mackenzie, Colégio Isaac Newton,Colégio Sagrado Coração de Maria e rede pública
30/7 – Educação de jovens e adultos — rede pública
1/8 – Colégio Olimpo
8/8 – Centro Interescolares de Línguas (CIL)

Tags:

publicidade

publicidade