SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Movimento Negro vai ao MEC para discutir ações afirmativas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/07/2013 19:30

A secretária de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi), Macaé Evaristo, recebeu nesta sexta-feira, 26, representantes do movimento negro para debater as políticas do Ministério da Educação. Foi o primeiro encontro setorial com o grupo, resultado de reunião com a presidenta da República, Dilma Rousseff, realizada na sexta-feira da última semana.

No encontro foram apresentados os programas do MEC para o ensino técnico, as ações afirmativas do ministério, como o Programa Universidade para Todos (ProUni) e as cotas nas universidades públicas. Também foi discutida a implementação da Lei 10.639/2003, que torna obrigatório o ensino de história e cultura afro-brasileiras nas escolas públicas e privadas de todo o país.

Segundo a secretária Macaé Evaristo, a reunião abre um canal de diálogo mais estreito entre o movimento negro e o ministério. “Neste primeiro momento estamos reunindo as áreas do MEC para darmos início a um debate com os negros”, disse.

O encontro teve a presença do secretário executivo do MEC, Henrique Paim; do secretário de Educação Profissional e Tecnológica, Marco Antonio de Oliveira, e dos presidentes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), José Carlos Freitas, e da Coordenação de Capacitação de Pessoal de Nível Superior (Capes), Jorge Guimarães.
Tags:

publicidade

publicidade