SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Diferença tem 48km

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 02/08/2013 16:00 / atualizado em 02/08/2013 11:12

A diferença existente entre os sistemas de ensino do Distrito Federal e das cidades da Região Metropolitana tornaram-se determinantes para definir a rotina do adolescente Cleisson Rodrigues Carvalho, de 16 anos. O menino cursa o 1° ano no Centro de Ensino Médio Setor Leste, na Asa Sul. Todos os dias, ele percorre os cerca de 48km de distância entre o Jardim ABC, na Cidade Ocidental, onde mora, até a capital federal.

“Estudo no Plano Piloto desde criança. Gosto de estudar aqui. Lá, eu não sei se conseguiria garantir o meu futuro”, lembra Cleisson. O jovem conta que as escolas da região onde mora não têm a estrutura que as instituições brasilienses oferecem. “O que eu vi na 5ª série aqui, meus amigos viram na 8ª lá. Sem contar que não tem biblioteca, sala de leitura”, comparou o jovem.

Na Cidade Ocidental, onde mora Cleisson, o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) Educação passou pela menor variação entre 2000 e 2010, considerando-se os municípios da Área Metropolitana de Brasília. No período, a Cidade Ocidental teve 31,99% de incremento no dado. Das cidades analisadas, também ocupou a pior posição na variação entre 1991 e 2010, com 0,303. Apesar do crescimento lento, ela é o terceiro município do Entorno no dado geral em 2010, como 0,641, e uma das quatro com classificação média.
Tags:

publicidade

publicidade