SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Comissão de Educação discute irregularidades na adesão ao Fies

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/08/2013 10:23 / atualizado em 29/08/2013 10:24

Agência Câmara

A Comissão de Educação debate hoje os problemas relacionados à adesão de alunos da Uniesp ao Fundo do Financiamento Estudantil (Fies). De acordo com o deputado Aureo (PRTB-RJ), que propôs o debate, a divulgação de propaganda irregular sobre as condições de adesão de estudantes da Uniesp ao programa, não-autorizadas pelo Ministério da Educação, culminou no bloqueio das instituições do Grupo.


Matérias veiculadas na imprensa relatam que a instituição prometia pagar, ao fim da graduação, o empréstimo tomado pelos estudantes no Fies, exigindo como contrapartida a prestação de trabalho voluntário. Segundo informações do seu site, a Uniesp tem unidades em 74 municípios, sendo 52 no estado de São Paulo.


“É mérito dessa Comissão a averiguação dos fatos, tendo em vista a necessidade da devida assistência aos alunos”, destacou o parlamentar, que disse estar preocupado com os problemas enfrentados por cerca de 12 mil estudantes na Instituição inscritos .


Foram convidados:


- o secretário executivo do Ministério da Educação (MEC), José Henrique Paim Fernandes;

- o secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação (SESU/MEC), Jorge Rodrigo Araújo Messias;

- o diretor presidente da UNIESP, José Fernando Pinto da Costa;

- o responsável pelo Termo de Ajustamento de Conduta da Procuradoria da República de São Paulo (MPF), Melissa Garcia Blagitz de Abreu e Silva;

- representante dos alunos contratados, Letícia Mara Almeida dos Santos; e

- representante dos alunos beneficiados pelo Prouni Felipe Almeida Santos.


O debate será realizado no Plenário 10, às 9h30

Tags:

publicidade

publicidade