Fase preparatória termina com 16,9 mil escolas participantes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/09/2013 15:42 / atualizado em 16/09/2013 15:46

Foto: Arquivo da Escola Indígena Itapó-AL
Em todo o país, 16.945 escolas do ensino fundamental participaram da etapa preparatória da 4ª Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente – Vamos cuidar do Brasil com escolas sustentáveis, que acontecerá de 23 a 28 de novembro, em Luziânia (GO), cidade do entorno de Brasília. O registro dos projetos escolares foi encerrado às 7 horas da manhã desta segunda-feira, 16.

Entre os estados com maior participação de escolas se destaca o Ceará, com 2.226, seguido da Bahia (1.777), São Paulo (1.677), Santa Catarina (1.295) e Rio Grande do Sul (1.165). Em outubro, as comissões organizadoras das 27 unidades da Federação devem fazer as conferências estaduais para eleição dos delegados à etapa nacional. A fase estadual é obrigatória.

Neste ano, estudantes do sexto ao nono ano do ensino fundamental, público e privado, de escolas urbanas e rurais, debateram e construíram projetos em 16,9 mil escolas sobre um dos seguintes subtemas da 4ª Conferência: a importância que têm a terra, a água, o ar e o fogo na vida do nosso planeta. Também elegeram representantes na faixa de 11 a 14 anos para a fase estadual.

A atividade dos coordenadores e dos estudantes nas conferências estaduais é avaliar os projetos das escolas e eleger os quatro melhores, um sobre cada subtema para levar ao evento nacional. Os alunos das escolas que tiverem projetos escolhidos vão automaticamente para a conferência nacional; os demais representantes serão eleitos nas plenárias estaduais. No conjunto, a conferência terá a participação de cerca de 700 estudantes.

Trajetória - Promovida pelos ministérios da Educação e do Meio Ambiente, a 4ª Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente – Vamos cuidar do Brasil com escolas sustentáveis tem como proposta fortalecer a educação ambiental nos sistemas de ensino com a participação ativa das escolas na construção de políticas públicas. A primeira edição da conferência, em 2003, teve a participação de 15.452 escolas; a segunda, em 2005/2006, foi realizada em 11.475 escolas. Em 2009, o evento mobilizou 3,5 milhões de estudantes, educadores e comunidades.
Tags: