SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

"As crianças aprendem enquanto os pais estão trabalham", afirma funcionária

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 23/10/2013 11:16

A cantineira Edmêe Maria de Almeida Matos falou ao Blog do Planalto sobre os benefícios que a Unidade Municipal de Educação Infantil (UMEI) Vila Clóris traz a toda a comunidade. Esta é uma das UMEIs inauguradas pela presidenta Dilma em Belo Horizonte (MG) nesta quarta-feira (23).

“Gerou mais empregos, para mim e mais três colegas, mais três cantineiras. Está sendo ótimo. A gente está convivendo bem com as crianças aqui, fazendo a alimentação delas. [...] O benefício para a comunidade é as crianças estarem aqui, bem guardadas aqui dentro. Estão aprendendo enquanto os pais estão trabalhando”, declara Edmêe.

Elisângela Aparecida de Araújo Quintiliano, mãe de aluno matriculado na UMEI Vila Clóris, concorda com Edmêe e fala da segurança que tem em deixar seu filho lá enquanto trabalha.

“Para mim também, como mãe, segurança, porque eu ficava preocupada, assim, de saber como que ele iria estar, onde que iria colocá-lo [...] Aí eu ficava preocupada. [...] Tem coisa melhor que essa, você saber que seu filho está bem seguro, e está gostando? Sinal de que ele se sente bem aqui também”, afirma Elisângela.

Já a vice-diretora da unidade, Ana Flávia Abreu Soares, destaca os objetivos pedagógicos que norteiam a educação infantil nas UMEIS e o respeito à bagagem cultural da criança.

“Um dos objetivos das unidades de educação infantil em Belo Horizonte é proporcionar ensino de qualidade para crianças de zero a seis anos dando prioridade a crianças de vulnerabilidade social, [...] as instituições são construídas em locais onde existe uma comunidade que necessita desse atendimento. E o foco também é respeitar essa criança como sujeito do processo educativo, com toda a sua bagagem cultural”, diz Ana Flávia.

Proinfância

As unidades foram construídas com recursos do Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (Proinfância). Entre 2007 e 2011, o Proinfância investiu na construção de 2.543 escolas, por meio de convênios com os entes federados.

A partir de 2011, com a inclusão do Programa no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC2), outras 3.979 creches e pré-escolas foram apoiadas com recursos federais, totalizando 6.522 novas unidades de educação infantil em todo o país. Até o fim de 2014, o programa prevê a construção de mais 2.021 creches e pré-escolas.

Durante o evento, a presidenta também assina termo de compromisso para a construção de 44 novas unidades do Proinfância em Belo Horizonte. Somente no estado de Minas Gerais são 727 creches aprovadas pelo Proinfância, das quais 161 já estão concluídas e 329 estão com obras iniciadas.

 

Fonte: Blog do Planalto

Tags:

publicidade

publicidade