SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Olimpíada de matemática

Lista de medalhistas de 2013 está disponível para consulta

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 02/12/2013 13:56

Estudantes, professores e escolas da educação básica pública que participaram da nona edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) já podem consultar a relação dos vencedores. No conjunto, foram selecionados 6 mil medalhistas entre os 18,7 milhões de concorrentes que participaram das provas da primeira fase.

Em 2013, a Obmep concede 500 medalhas de ouro, 900 de prata e 4.600 de bronze. Outros 46,2 mil alunos receberão certificados de menção honrosa. Além de medalhas, os vencedores de ouro, prata e bronze que continuarem os estudos em escolas públicas no próximo ano terão a oportunidade de participara do Programa de Iniciação Científica Júnior (PIC-Obmep), com direito a uma bolsa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Já os medalhistas da Obmep, de qualquer edição do concurso, matriculados no ensino superior, podem se candidatar ao Programa de Iniciação Científica e Mestrado (PICMe) oferecido por instituições de ensino superior. Neste caso, o estudante deve consultar o site da Obmep para obter dados complementares.

Além dos estudantes, a olimpíada também distribui prêmios aos professores dos alunos vencedores. Na edição de 2013 serão premiados até 1.010 educadores, com pontuação de três a nove. O educador que tiver um aluno medalhista de ouro, por exemplo, receberá nove pontos. Na escala da Obmep, a medalha de prata do estudante corresponde a oito pontos para o professor; a medalha de bronze, sete pontos; a menção honrosa, seis pontos; e para cada aluno que participou da segunda fase da olimpíada, o professor terá três pontos. De acordo com dados da Obmep, 954.863 estudantes foram classificados para a segunda fase de provas aplicadas em 14 de setembro passado.

Os educadores que somarem maior pontuação receberão um tablet, diploma e uma assinatura anual da Revista do Professor de Matemática (RPM-SBM). A olimpíada também distribuirá prêmios para até 480 escolas que tiverem estudantes medalhistas. As unidades que obtiverem maior pontuação receberão um ou mais prêmios – kit esportivo, kit de material didático, diploma ou troféu. As secretarias municipais de educação com alunos premiados serão reconhecidas com troféus da nona edição da Obmep.


A organização da cerimônia de premiação para a entrega das medalhas será do Instituto Nacional de Matemática Pura Aplicada. A data ainda não foi divulgada.


Histórico – Realizada desde 2005, a Obmep é um projeto de estímulo ao estudo da matemática voltado para as escolas públicas, estudantes e professores de todo o país. Para estimular a participação, produz e distribui material didático, oferece bolsas de iniciação científica aos estudantes e reconhecimento aos educadores, escolas e secretarias de educação. A Obmep também prepara, a cada ano, cerca de 30 medalhistas de ouro para competições internacionais.


Promovida pelos ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia e Inovação, a Obmep é realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa) com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). Em 2013, a olimpíada contou com a participação de 47.144 escolas públicas da educação básica e de 18,7 milhões de alunos e 99,35% dos municípios tiveram escolas participantes.


A relação dos estudantes premiados está na página eletrônica da competição.


 

Tags:

publicidade

publicidade