Jovens debatem questões socioambientais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/12/2013 11:05

Estão reunidos esta semana, na cidade de Pirenópolis (GO), mais de 100 jovens de todo o País para debater questões socioambientais. O encontro, que ocorre até sexta-feira (20), visa discutir temas como educação ambiental, Programa Juventude e Meio Ambiente e Programa Escolas Sustentáveis.

A reunião pretende, também, consolidar a identidade dos Coletivos Jovens de Meio Ambiente (CJs), que atuam em todo o País e estão comemorando dez anos de existência. “A ideia também é fortalecer o trabalho de formação e comunicação entre jovens”, esclarece o diretor de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, Nilo Diniz, que participou da abertura do evento. A assessora para Juventude da Secretária Executiva, Marccella Berte, também esteve presente.

Coletivos jovens são grupos informais que reúnem jovens de organizações e movimentos de juventude. Têm como objetivo envolver-se com a questão ambiental e desenvolver atividades relacionadas à melhoria do meio ambiente e da qualidade de vida. Diniz explica que nesses dez anos de existência, os jovens têm participado ativamente em momentos decisivos, tanto das conferências, quanto em órgãos colegiados e redes que colaboram com a formulação de políticas públicas de meio ambiente e educação, como o Programa Nacional Juventude e Meio Ambiente.

Parceiros

O encontro é apoiado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) e o Ministério da Educação (MEC). Parte das atividades estão sendo desenvolvidas em parceria com a Comunidade Educacional de Pirenópolis (Coepi), que abriga um Ponto de Cultura (do Ministério da Cultura) e uma Sala Verde do MMA, onde são exibidos vídeos com a temática socioambiental. Também são parceiros a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Cáritas Brasileira, Coordenadoria Ecumênica de Serviço (CESE), WWF, Rede de Educação Cidadã de Goiás e Rede Juventude e Meio Ambiente (REJUMA).

Os Coletivos Jovens de Meio Ambiente também participaram da etapa nacional da 4ª Conferência Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente, que aconteceu mês passado, em Brasília. Os jovens entre 18 e 29 anos atuaram como facilitadores. A reunião mobilizou quase 18 mil escolas de 3 mil municípios, envolvendo 9 milhões de pessoas na busca por escolas mais sustentáveis.

Fonte: Ministério do Meio Ambiente
Tags: