SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Temática afro

Projeto cultural melhora vida de estudantes em cidade baiana

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/01/2014 11:19 / atualizado em 03/01/2014 11:20

Em abril de 2012, o professor José Kleber de Jesus deu início a uma experiência, durante as aulas, para ampliar o conhecimento dos estudantes sobre estilos de dança e de música afro, promover experiências e assegurar a formação cultural e humana. O trabalho foi premiado na sétima edição do Prêmio Professores do Brasil. Para o professor, a conquista do projeto educativo-cultural Afro Som, na categoria Temas Livres, subcategoria Ensino Médio, representa muito mais do que um simples reconhecimento. Representa, acima de tudo, vida.

“A premiação significa vida porque pode nos ajudar a dar continuidade a esse trabalho, que tem a participação de 40 jovens e já tirou muitos deles da droga”, explica José Kleber, professor no Colégio Estadual Edna Moreira Pinto Daltro, no município baiano de Capim Grosso. O trabalho é desenvolvido de forma voluntária, sem nenhuma ajuda financeira. O sonho do professor é de que a sociedade brasileira contribua para a continuidade da iniciativa. “Os jovens de Capim Grosso estão gritando por ajuda”, diz José Kleber, professor de educação física no ensino fundamental e médio e músico autodidata, há mais de 15 anos no magistério.

O trabalho, interdisciplinar, envolve as áreas de educação física, artes e história. A receptividade entre os estudantes levou ao crescimento do projeto e fez surgir uma banda, com instrumentos comprados pela própria escola, um grupo de balé e outro, de estudos, para desenvolver o conhecimento da temática afro e outros temas. Os encontros são realizados sempre fora do horário das aulas.

“Somos o barulho que pensa”, salienta o professor. “Para isso, estudamos juntos e refletimos sobre temas importantes, que possam dar fundamentação aos estudantes no desenvolvimento de seminários itinerantes, realizados antes das apresentações da banda e do balé.”

José Kleber pretende dar continuidade ao projeto e trabalhar com canto, dança, música, percussão e expressão corporal. As metas incluem a criação de várias escolas dentro da escola — uma de canto, uma de dança e uma de música. “Transformar a vida desses estudantes é uma vitória”, destaca.

“O projeto Afro Som lança um olhar crítico dialético com a intenção de abordar as questões que valorizam e compreendem a beleza e a diversidade da cultura afro-brasileira”, ressalta o professor. Sua intenção é a de contribuir para a disseminação e reflexão dessa cultura.
Tags:

publicidade

publicidade