SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Colégio Marista Champagnat de Taguatinga

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/05/2014 10:20 / atualizado em 26/05/2014 10:22

Paula Rafiza

Recesso: de 12 de junho a 13 de julho

Nessa escola, quando os alunos voltarem do recesso, vão dar de cara com uma revisão para relembrar os conteúdos das provas. André Ilário de Lucena, 10 anos, acredita que torcer de perto é uma das vantagens de o Brasil sediar o Mundial, mas ele não curte alterações no calendário escolar:

— Ano passado, fomos liberados nos dias de jogos da Copa das Confederações. Não foi legal porque, depois, a gente teve que repor nos fins de semana. Este ano, vai ser um pouco melhor porque não vamos ter reposição.

Para Ana Carolina Barreto, 10, estudar nas férias não é novidade: ela sempre reserva cinco dias para revisar. Apesar de trazer lucro com o turismo, Ana Carolina acredita que a Copa provoca mais gastos aos cofres públicos:

— O dinheiro usado na construção dos estádios e na reforma de aeroportos poderia ser investido em saúde e educação… É importante que os adultos não se esqueçam das eleições e escolham bons representantes para melhorar o país.

Pedro Sales, 12, gostou da antecipação do recesso:

— As pessoas estão preocupadas demais em lucrar, mas a Copa tem que ser de lazer e de diversão… Temos a oportunidade de passar tempo em família torcendo.  Vamos descansar bastante e voltar para a escola renovados.

Preocupada com a alta dos preços durante o Mundial, a família de Letícia Bernardes, 11, antecipou a viagem de férias: a aluna e os pais vão passar uma semana em Fortaleza alguns dias antes de o recesso começar. Para não perder o ritmo de estudos, Letícia aposta em leitura e em jogos on-line de português e matemática. É claro que ela também vai torcer:

— Estou muito otimista. A julgar pela Copa das Confederações, nossa Seleção é uma forte concorrente. Temos ótimos jogadores, como o Neymar. Acho que vamos ganhar!

Programe-se


Recesso das escolas públicas
De 12 de junho a 13 de julho, seguindo orientações da Lei Geral da Copa.

Recesso das escolas particulares
Os colégios particulares não precisam cumprir a Lei Geral da Copa, que estabelece 31 dias de férias. Cada instituição de ensino decide como vai se programar. A sugestão do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal (Sinepe) é que haja recesso em 12, 17, 23 e 30 de junho e de 1º a 12 de julho. Segundo o Sinepe, 70% dos 480 colégios do Distrito Federal vão seguir as datas sugeridas pela entidade. Apenas 30% das escolas particulares vão parar durante os 31 dias determinados pela Lei Geral da Copa.


Calendário da Copa do Mundo

Abertura
Quinta-feira, 12 de Junho, às 17h,
na Arena de São Paulo (SP)
Brasil x Croácia

Final
Domingo, 13 de julho, às 16h,
no Estádio do Maracanã (RJ)

Jogos em Brasília

Fase de grupos

Domingo, 15 de junho, às 13h
Suíça x Equador

Quinta-feira, 19 Junho, às 13h
Colômbia x Costa do Marfim

Segunda-feira, 23 de junho, às 17h
Camarões x Brasil

Quinta-feira, 26 de junho, às 13h
Portugal x Gana

Oitavas de final
Segunda, 30 de junho, às 13h
1º do grupo E x 2º do grupo F

Quartas de final
Sábado, 5 de julho, às 13h

Disputa pelo 3º lugar
Sábado, 17 de julho, às 17h
Tags:

publicidade

publicidade