SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

"Agência de propaganda" ajuda alunos a melhorar desempenho

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/06/2014 15:17 / atualizado em 13/06/2014 15:23

Portal MEC

O projeto de criação de uma agência de publicidade e propaganda experimental na Escola Estadual Olinda Conceição Teixeira Bacha, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, provocou mudanças positivas entre os alunos participantes. Desenvolvido na turma B do oitavo ano do ensino fundamental, que apresentava as notas mais baixas da escola, o projeto incluía, entre os principais benefícios, a elevação da autoestima dos estudantes.

“O projeto Agência de Publicidade e Propaganda 30IdeiasPP foi um divisor de águas para nossa escola”, diz seu criador, o professor Alexandre Gonçalves de Souza. Segundo ele, “o respeito, o carinho, a dedicação, o compromisso e a vontade de vencer foram mudanças evidentes em nossos alunos”.

Contratada, de forma fictícia, pela direção da escola, a agência funcionava de modo semelhante ao de uma real, com a tarefa de desenvolver as campanhas publicitárias solicitadas. Os estudantes foram divididos em cinco equipes, denominadas departamentos, de acordo com as habilidades de cada um. Como o projeto foi desenvolvido em parceria com professores de outras disciplinas, os departamentos estavam ligados diretamente às disciplinas envolvidas: recursos humanos (língua inglesa), contabilidade e financeiro (matemática), linguística e design (língua portuguesa), criação e finalização (tecnologias educacionais).

O trabalho foi um dos vencedores da sexta edição do Prêmio Professores do Brasil, na categoria Educação Digital. Hoje, funciona como projeto extraclasse, aberto à participação de todos os alunos. “Criamos uma agência de cinema dentro da escola para a produção de pequenos filmes sobre a cultura de Mato Grosso do Sul”, explica Alexandre. “Com isso, realizaremos intercâmbio cultural com alunos de outros países da América Latina por meio de uma rede internacional de educadores inovadores.”

Orgulho

De acordo com o professor, apesar de algumas dificuldades encontradas para a realização do projeto — conexão com a internet e pane nos computadores, entre outros —, o trabalho teve continuidade, com o esforço dos estudantes. “Dessa forma, quando os prêmios começaram a chegar, tudo mudou. Os alunos, orgulhosos, anunciavam na comunidade o que acontecia na escola”, destaca Alexandre. “Minha vida é dividida entre antes e depois do 30IdeiasPP e meu currículo foi enriquecido.”

Com graduação em filosofia e em história e especialização em mídias na educação, Alexandre exerce a atividade de professor gerenciador de tecnologias educacionais e recursos midiáticos na escola Olinda Conceição Teixeira Bacha. Para ele, a evolução constante das tecnologias apresenta cenário inovador e desafiador para a educação. “Cabe à escola inserir o aluno nesse novo mundo.”
Tags:

publicidade

publicidade