SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Educação básica

Temas sobre futebol contribuem para inovar na aprendizagem

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/06/2014 10:30

Professoras da Escola Municipal Dr. José Xavier Nogueira, em Belo Horizonte, desenvolvem o projeto Copa do Mundo com os alunos da educação infantil. Aberto em 26 abril, com um jogo de futebol entre pais e familiares dos alunos, durante as comemorações da Festa da Família, tradicional na instituição, o projeto atende crianças na faixa etária de 4 e 5 anos, de manhã e à tarde. O jogo reuniu os pais de alunos do turno da manhã contra os do turno da tarde.

No dia da abertura do projeto, antes da realização do jogo, as crianças fizeram uma apresentação de música e dança. “Confeccionamos enfeites e vestimentas nas cores verde e amarela, simbolizando a torcida dos times e as cores do Brasil”, lembra a professora Juliana Oliveira Assis da Silva. “Os alunos ficaram entusiasmados ao ver os pais participando.” Há 12 anos no magistério, Juliana tem formação em curso normal superior.

Durante a execução do projeto, as professoras organizam rodas de conversas nas salas de aulas para falar sobre futebol e Copa do Mundo. As crianças também participam de jogos e trabalhos relacionados ao tatu-bola Fuleco, mascote da Copa. Outra atividade é a elaboração de formas geométricas a partir de elementos como a Bandeira do Brasil, bola e campo de futebol e de cartazes sobre o tema.

“As atividades contribuem para o desenvolvimento da linguagem oral, conceitos matemáticos, figuras geométricas, cores, letras, símbolos, numerais e atividades interdisciplinares”, avalia a professora Raquel Gomes de Oliveira. Para ela, o projeto colabora para a aprendizagem de conceitos e proporciona a interação e a elevação da autoestima das crianças. “Os alunos ficam curiosos, são atenciosos, participativos e muito criativos”, destaca. Além disso, ela ressalta que a realização do projeto proporciona a interação das famílias, que têm cooperado nas atividades extraclasse. Com formação em curso normal superior, Raquel está há 11 anos no magistério.

Paixão — Segundo a coordenadora pedagógica do turno matutino, Andressa Ferreira de Jesus Ribeiro, o futebol é uma paixão nacional e faz parte da realidade e do cotidiano de todos. “Por meio dele, estão sendo desenvolvidas competências pedagógicas em diversas linguagens, tais como a oral, corporal, musical, visual, digital, matemática e escrita, visando ao enriquecimento de experiências e aprendizagens diárias dos alunos”, explica. Além disso, ela salienta que o projeto tem abordado temas como ética, cidadania, paz, cultura e ecologia.

Com formação no curso de normal superior e pós-graduação em alfabetização e letramento, Andressa trabalha há mais de sete anos na área de educação infantil. Também tem experiência no ensino fundamental.

O projeto será encerrado em julho, com exposição de fotos e dos trabalhos feitos pelas crianças.

 

Ascom MEC

Tags:

publicidade

publicidade