[an error occurred while processing this directive] Guerra do Paraguai será tema de série apresentada em agosto - Eu, Estudante
SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

TV Escola

Guerra do Paraguai será tema de série apresentada em agosto

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/08/2014 12:54

Portal MEC

A TV Escola, canal de educação, apresenta na nesta terça-feira, 5, o primeiro episódio da série A última guerra do Prata, que aborda a Guerra do Paraguai, conflito que envolveu quatro nações do Cone Sul – Paraguai, Argentina, Uruguai e Brasil – entre 1864 e 1870. A série tem quatro episódios que serão exibidos nos dias 5, 12, 19 e 26 de agosto, às 22 horas, com reprises nos sábados seguintes, também às 22 horas.

A abertura marca o sesquicentenário do início do conflito na América do Sul, em que morreram mais de 350 mil cidadãos. O primeiro episódio mostra a geopolítica da região Platina antes da guerra; o segundo e o terceiro relatam os eventos durante o conflito, e o quarto analisa o pós-guerra.

As gravações foram realizadas em cenários das batalhas: a cidade de Humaitá, que sediava a principal fortaleza no rio Paraguay; as trincheiras de Curupaity, onde o exército paraguaio impôs uma humilhante derrota aos aliados e levou o marquês de Caxias para o front, e o descampado, que foi o acampamento de Tuyuti, onde os aliados construíram uma cidade para servir de apoio durante os ataques em território paraguaio e local da batalha mais sangrenta de toda a guerra.

Em todos os países, a TV Escola fez entrevistas com historiadores. Mais do que rememorar os combates, diz a TV Escola na apresentação da série, o projeto buscou fazer um mergulho no ambiente geopolítico sul-americano do século 19, demonstrando como as ambições das jovens nações resultaram na carnificina que definiu a hierarquia de poder no continente. A construção de A última guerra do Prata apresenta também documentos pouco acessados pelo público, sobretudo de acervos fotográficos e iconográficos da Biblioteca Nacional e do Museu Nacional, ambos do Brasil, e da Biblioteca Nacional do Uruguai.

A série tem a direção e a produção de Alan Arrais e Talita Dias. O professor de história Júlio Farias, que apresenta A última guerra do Prata, é docente do ensino médio no Rio de Janeiro.
Tags:

publicidade

publicidade