SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Audiência debate realização de competição mundial de educação profissional

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/11/2014 10:42

Agência Câmara

As comissões de Educação e de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados realizam audiência pública conjunta hoje, às 9 horas, para debater e divulgar a importância da realização da 43ª edição da WorldSills Competition em São Paulo, em agosto de 2015.


É a primeira vez na história que o evento, realizado a cada dois anos, ocorrerá na América do Sul. A maior competição mundial de educação profissional reunirá participantes de mais de 70 países das Américas, Europa, Ásia, África e Pacífico Sul, que simularão desafios das profissões que devem ser cumpridos dentro de padrões internacionais de qualidade. Os competidores representam os melhores alunos selecionados em olimpíadas de educação profissional de seus países.


O deputado Glauber Braga (PSB-RJ), que sugeriu a audiência, destaca que “o maior legado da competição é levantar o perfil e o reconhecimento de pessoas qualificadas e mostrar como as competências são importantes para alcançar o crescimento econômico e o sucesso pessoal”.


Ele ressalta também que o Brasil, com ótimos resultados em participações anteriores no evento, “possui jovens capacitados, que desempenham com excelência suas funções e competem de igual para igual com alunos de países considerados referência na educação”.


O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) representa no Brasil a entidade mundial WorldSkills e é responsável pela organização da competição no País.


Foram convidados para o debate:

- o presidente mundial da WorldSkills, Simon Bartley;

- o diretor geral do Senai, Rafael Lucchesi;

-  a diretora da Divisão de Orientação Técnica de Ensino Fundamental e Médio da Prefeitura de São Paulo, Fátima Aparecida Antônio; e

- o medalhista de Ouro de Soldagem WorldSkills Americas Bogotá 2014, Rafael Wenderson Morais Pereira.


A audiência está marcada para o plenário 10.

Tags:

publicidade

publicidade