SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Parecer sobre jornada integral no ensino médio pode ser votado na quarta

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/12/2014 11:38

Agência Câmara

A comissão especial sobre jornada integral no ensino médio (PL 6840/13) vota, nesta quarta-feira (10), o parecer do relator, deputado Wilson Filho (PTB-PB). O texto ainda não foi divulgado.

O projeto foi resultado dos trabalhos iniciados em 2012 na Comissão Especial de Reformulação do Ensino Médio e prevê uma carga horária de pelo menos sete horas diárias para os alunos.

 

Na semana passada, entidades educacionais criticam a jornada integral sugerida pelo projeto. Representantes do Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed) e da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) reclamaram que, com a medida, os alunos do ensino noturno seriam prejudicados pois a carga horária seria menor. 

Segundo o relator, o ensino noturno é um dos pontos polêmicos do projeto, junto com o prazo para se montar o ensino integral, a possibilidade de o Enem estar ou não dentro do currículo, e a inserção do ensino profissionalizante dentro do currículo.


Diagnóstico do TCU

Uma auditoria coordenada pelos tribunais de contas da União, dos estados (exceto SP e RR) e dos municípios, em 2013, mostrou que faltam 32 mil professores com formação específica nas 12 disciplinas obrigatórias do ensino médio, sobretudo em física, química, sociologia e filosofia.


O levantamento mostrou ainda que faltam vagas em 475 municípios para os jovens de 15 a 17 anos.


A comissão reúne-se às 14h30, em local a definir.

Tags:

publicidade

publicidade