SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Brasileiros acreditam que a escola não prepara o aluno para o mercado

Pesquisa da Confederação Nacional da Insdústria (CNI) avaliou a qualidade na educação do Brasil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/01/2015 17:21 / atualizado em 09/01/2015 12:28

CNI/Reprodução
A educação de baixa qualidade prejudica o crescimento econômico do Brasil. É o que afirmam os brasileiros consultados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) na pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira, que avalia e qualidade da educação básica do país.

Segundo os entrevistados, os alunos não recebem preparação satisfatória para ingressar no mercado de trabalho. Para eles, as horas dedicadas aos estudos na escola são insuficientes, bem como a capacidade das instituições de ensino de ministrar aulas de disciplinas fundamentais, como português e matemática. Entretanto, 67% afirma que a responsabilidade pelo mau desempenho escolar é do estudante.

A pesquisa revela, ainda, que fatores como segurança e infraestrutura nas escolas, apoio dos pais e renda familiar são determinantes no grau de escolaridade dos brasileiros.

CNI/Reprodução
Para reverter o quadro e consolidar a educação no país, os participantes apostam nos cursos de ensino médio aliados aos cursos profissionalizantes.

A pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira - Educação Básica ouviu 2.002 pessoas em 142 municípios entre 8 e 11 de junho de 2013.

Clique aqui para ter acesso ao texto integral da pesquisa.

publicidade

publicidade