SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Hora da escola

Bateu aquele frio na barriga porque falta pouco para a volta às aulas? Não fique nervoso! Veja dicas para enfrentar um dos momentos mais aguardados do ano

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/01/2015 13:06 / atualizado em 26/01/2015 13:13

Começo de ano é assim: lápis, borracha, cadernos e um monte de livros novos. A chegada do material escolar anuncia o fim das férias, para a alegria de uns e o desânimo de outros. Quem vai trocar de turma ou de escola enfrenta um desafio ainda maior. Afinal, o que esperar de um lugar que a gente não conhece? Mas não há motivo para preocupação. Especialistas ouvidos pelo Super! dão dicas espertas de como enfrentar o retorno à sala de aula.

Para João Pedro Fernandes de Araújo, 9 anos, a próxima semana promete! Além de começar as aulas do 4º ano, ele vai passar a estudar bem pertinho de casa.

— Não vou precisar acordar cedo! Isso é bom porque fico com muito sono de manhã.

Sortudo, ele conheceu alguns colegas com quem vai estudar na nova escola jogando futebol no prédio.

— Isso é legal porque não preciso ficar com vergonha.

 

 

Maria Eduarda Santos Domenici, 8 anos, também vai para o 4ª ano em uma escola diferente. Ela está feliz com a mudança.

— Ouvi dizer que o ensino é mais pesado, mas acho que isso é bom porque eu vou aprender mais coisa.

Ela está bem animada com as aulas novas que vai fazer neste ano. Uma das mais aguardadas é a de francês.

— É uma língua de que eu gosto… Também gosto do país!

Para quem não mudou de escola, a saudade dos colegas está grande neste fim de férias. É o caso de Maria Eduarda Alves Ramos, 11 anos. Ela vai fazer o 7º ano e conta o que pretende fazer no primeiro recreio de 2015.

— Quero ficar muito com os meus amigos, já deu tempo de sentir saudades.

Ela está um pouco preocupada com a quantidade de disciplinas, que deve aumentar. 

 

 

— Matemática é a matéria que eu acho mais difícil, principalmente a parte de frações e porcentagens. O lado bom é que a gente vai ter mais conhecimento.

Ayra Sousa Carneiro, 8 anos, vai para o 4º ano. Porém,
diferentemente de Maria Eduarda, ela tem dificuldades em geografia:

— Já estou ansiosa e nervosa por causa das provas. Neste ano, quero começar a estudar com meu pai em casa depois da escola.

E o que ela planeja fazer no último dia de férias?

— Quero brincar muito e tentar não brigar com as minhas amigas. Eu discuto com elas todos os dias!

 

 

Reta final

 

Confira as dicas da consultora educacional Viviane Flores e da orientadora educacional da escola Le Petit Galois, Lis Foizer, para a volta às aulas.

Conheça
Se for possível, peça ao seu responsável para conhecer a escola nova antes do início das aulas. Assim, você saberá onde as coisas ficam no primeiro dia.

Participe
Acompanhar os pais na compra do material escolar, na arrumação da mochila, entre outros preparativos, é uma ótima forma de entrar no clima das aulas.

Prepare-se
No último dia de férias, procure se alimentar de forma leve, durma cedo e deixe a mochila e o uniforme prontos. Não se esqueça do despertador para não se atrasar já no primeiro dia!

Relaxe
A maioria das escolas promove brincadeiras e outras atividades divertidas na primeira semana de aula. Assim, dá para conhecer novos colegas rapidinho.

Renove-se
Principalmente para quem teve dificuldade em alguma matéria no ano anterior, o início das aulas pode ser uma oportunidade de mudar o jeito de estudar e melhorar as notas. Aproveite!

 

 

Na mochila


Veja uma seleção de livrinhos para entender melhor o mundo da escola

 

 (Companhia das letrinhas/Reprodução) 

É hora da escola, Charlie Brown
Charles M. Shultz
Editora Companhia das Letrinhas
32 páginas, R$ 19,90
Pobre Charlie Brown! O dono de um dos cachorros mais queridos das histórias em quadrinhos está preocupado com o início das aulas. Para completar, ele resolve participar de um torneio de soletração. Azarado que só ele, já dá para imaginar a confusão.

 (Editora Salamandra/Reprodução) 

Primeira semana na escola de vacas
Andy Cutbill
Editora Salamandra
32 páginas, R$ 39
A vaquinha Daisy acabou de entrar na escola, mas está com alguns problemas: ela não consegue fazer pintura a casco nem espantar moscas com o rabo, como seus colegas. O livro faz parte da coleção A vaca que botou um ovo!, que fala sobre os desafios do primeiro dia de aula.

 (Editora Salamandra/Reprodução) 

Vamos brincar de escola?
Ana Maria Machado
Editora Salamandra
32 páginas, R$ 37
Henrique e Isadora começam a frequentar a escola, onde vão aprender um monte de coisas. Porém, sempre sobra tempo para mergulhar no mundo das cantigas e dos contos de fada junto da avó. Repleto de rimas e ritmos, é um livro que deve ser lido e ouvido.

 (Panda Books/Reprodução) 

Por que eu vou para a escola?
Oscar Brenifier
Editora Panda Books
32 páginas, R$ 32,90
Felipe é um garoto que gosta de fazer muitas perguntas. Junto do inseparável ursinho Zof, ele questiona todo mundo sobre o porquê de ir para a escola. Parte da coleção Pequenos filósofos, o livro procura mostrar que filosofia não é coisa só para gente grande.

 

publicidade

publicidade