SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Ministro da educação, Cid Gomes pede demissão do cargo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/03/2015 19:26 / atualizado em 18/03/2015 19:37

Segundo nota da secretaria de imprensa da Presidência da República, publicada no blog da presidência da República, Cid Gomes, até então Ministro da Educação entregou pedido de demissão nesta quarta-feira (18) à presidente Dilma Rousseff. O texto afirma ainda que a presidenta agradeceu ao político os serviços prestados.

A saída ocorre após declarações em uma visita à Universidade Federal do Pará, onde Gomes afirmou que “tem lá [no Congresso] uns 400 deputados, 300 deputados que, quanto pior, melhor para eles. Eles querem é que o governo esteja frágil porque é a forma de eles achacarem mais, tomarem mais, tirarem mais dele, aprovarem as emendas impositivas”.

Por volta das 18h desta quarta-feira, o presidente da Câmara Eduardo Cunha anunciou em plenário a saída do ministro. Quando questionado sobre as declarações, Gomes disse que há deputados que “criam dificuldades para obter facilidades” e pediu desculpas a quem ficou ofendido.

publicidade

publicidade