SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Escola de Brasília recebe prêmio nacional por qualidade de gestão

Colégio Vitória Régia, localizado em Vicente Pires, foi o primeiro empreendimento brasiliense a vencer a premiação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/03/2015 17:46 / atualizado em 27/03/2015 17:50

Juliana Espanhol

BG Press/divulgação
Em janeiro de 2003, a gestora educacional Régia Madureira, 47, abriu o colégio Vitória Régia, em Vicente Pires. De 80 alunos em turno regular, o estabelecimento passou a atender cerca de mil estudantes do maternal ao ensino médio neste ano. Na última quarta-feira (25), a gestora recebeu um reconhecimento que vai além do notável aumento no número de crianças e jovens atendidos em 12 anos: a escola venceu a etapa nacional do Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas, o MPE Brasil, na categoria serviços de educação. Foi a primeira empresa brasiliense a receber a premiação, que está na 12ª edição e tem oito categorias.

“Para trabalhar com educação, é preciso amar o que faz, gostar muito de criança e conhecer a área”, afirma Régia. Antes de abrir o estabelecimento, ela atuou como professora da rede pública de ensino durante dez anos. O diferencial do colégio é o investimento em atividades que saem do lugar-comum das salas de aula. “Queremos que os alunos tenham prazer em ir para a escola. Procuramos ensinar de maneira lúdica, sempre buscando a inovação”, diz. Por lá, os alunos participam de atividades como entrega de cestas básicas, campanhas de combate à dengue, Feira de Empreendedorismo, iniciativas de conscientização no trânsito e visitas a asilos e abrigos, entre outros. “Atividades como essa fazem o aluno aprender a pensar e ser mais crítico”, afirma.

Com a vitória, Régia Madureira vai participar de uma missão empresarial em julho, quando conhecerá as práticas de outra empresa que se destaca no Brasil. No total, 50,9 mil companhias se inscreveram nessa edição do prêmio. Dessas, 1.830 chegaram à etapa nacional. Apenas 30 receberam visitas presenciais dos avaliadores da premiação. O superintendente-geral da Fundação Nacional de Qualidade (FNQ), Jairo Martins, explica os critérios por trás da escolha dos vencedores. “Os empreendedores são avaliados a partir de um questionário que faz uma análise sistêmica do negócio. No total, são oito critérios que passam por questões como liderança, processos, estratégia, pessoas e resultados”. A iniciativa é uma parceria do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa (Sebrae), do Movimento Brasil Competitivo (MBC) e do Grupo Gerdau, com o apoio técnico da FNQ.

A gestora do projeto MPE no Sebrae-DF, Mayara Pessoa, destaca que todos os participantes da competição, independentemento do resultado, podem se beneficiar ao se inscrever no prêmio. “O questionário que os participantes respondem geram um diagnóstico, que pode ser aplicado para melhorar a qualidade de gestão. Ao se inscrever, o empreendedor já recebe uma consultoria on-line sobre pontos que podem ser aprimorados”, diz.

Participe
A partir da próxima quarta-feira, 1º de abril, as inscrições para a edição 2015 do prêmio MTE estão abertas. A participação é gratuita. Basta atender aos seguintes critérios: receita bruta anual de até R$ 3,6 milhões, ter completado pelo menos um ano fiscal, estar com registro atualizado no estado da respectiva inscrição e comprovar regularidade fiscal. Cada empresa candidata preenche um detalhado questionário de autoavaliação, padronizado e baseado nos critérios do Modelo de Excelência da Gestão (MEG), disseminado pela FNQ. Mais informação no site: www.premiompe.sebrae.com.br.

publicidade

publicidade