SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Ministério Público pela Educação debate problemas no CEF 11 de Taguatinga

Encontro aberto à comunidade será nesta quarta-feira (20) e deve abordar dificuldades do colégio, como infraestrutura precária, falta de livros e de professores

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/05/2015 18:30 / atualizado em 19/05/2015 18:50

Nesta quarta-feira (20), a partir das 14h30, o Centro de Ensino Fundamental (CEF) 11 de Taguatinga recebe debate do Ministério Público pela Educação (MPEduc). Aberto à comunidade, o encontro discutirá os principais problemas encontrados no colégio: falta de livros e de professores, infraestrutura precária, más condições das salas de aula e banheiros, carência de computadores e de materiais adequados para alunos com necessidades educacionais especiais.

Convocada pelas promotoras de Justiça Cátia Gisele Vergara e Márcia Pereira da Rocha e pela procuradora da República/MPF Luciana Loureiro Oliveira, a reunião coloca em debate diagnósticos do inquérito civil instaurado pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPFDT) e pelo Ministério Público Federal (MPF). A Coordenação Regional de Ensino de Taguatinga, o Conselho Escolar e a Direção Escolar foram convidados.

Sobre o MPEduc
O Ministério Público pela Educação (MPEduc) é um projeto desenvolvido para ser executado em parceria entre o Ministério Público Federal e o Ministério Público dos Estados. O principal objetivo é o estabelecer o direito à educação básica de qualidade para os brasileiros. Implementado em abril de 2014, o projeto tem como principal objetivo a melhoria da educação básica nas escolas da rede pública, especialmente com a elevação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Mais informações pelo site.

Participe!
Local: Centro de Ensino Fundamental 11 de Taguatinga (CND 5, AE, Praça do Bicalho – Taguatinga Norte)
Data: 20 de maio
Horário: a partir das 14h30

publicidade

publicidade