SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Final nacional da 7ª Olimpíada de Raciocínio Mind Lab será neste sábado

Vencedores serão classificados para o torneio internacional na Turquia em junho

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/05/2015 17:11 / atualizado em 22/05/2015 17:29

A etapa nacional da 7ª Olimpíada de Raciocínio Mind Lab ocorre neste sábado (23), em São Paulo. As equipes concorrentes são compostas por quatro alunos do 4º ao 7º ano e do 8º ao 9º ano do ensino fundamental. Os estudantes do 4º ao 7º ano que vencerem a disputa representarão o Brasil no torneio internacional em Istambul, na Turquia, em junho. O evento é organizado pela empresa Mind Lab, especializada em desenvolvimento de sistemas de aprendizagem.

Cerca de 150 mil estudantes participaram das primeiras etapas da olimpíada. Após serem selecionados pela etapa local, os alunos devem participar de uma competição regional on-line para decidir quem concorrerá a nível nacional. Com oito alunos classificados, o Colégio Galois foi o único de Brasília a ir para a final brasileira.

Cristiane Andrade
“Na outra etapa, eu fiquei nervoso, mas, na hora, deu tudo certo. Conversando, fomos relaxando; quando vimos que ganharíamos, não paramos mais”, conta Rodrigo Paim, estudante do 8º ano. Com o objetivo de se preparar para competir em São Paulo, Rodrigo treina todo dia pelo jogo de tabuleiro do site da Mind Lab. Segundo o aluno, participar da competição o ajudou a fazer amigos. “Não conhecia muito quem fazia parte da minha equipe, mas fui me aproximando mais das pessoas. Fiquei muito feliz com isso”, relata.

A diretora pedagógica da Mind Lab, Sandra Garcia, explica que os jogos trabalham com métodos metacognitivos. “O objetivo é fazer a criança pensar sobre o próprio pensamento”, explica. Para Yaron Segalovich, professor de Mind Lab do Colégio Galois, os benefícios de participar do torneio são desenvolvimento de raciocínio lógico, planejamento estratégico, criatividade e trabalho em equipe. “O aluno também desenvolve habilidades sociais e emocionais. Ele aprende a lidar com a derrota e com a vitória”, afirma.

Cada membro da equipe deve desempenhar um jogo na competição: Octi, Abalone, Bloqueio e damas olímpicas. No Octi, o aluno deve escolher pinos para movimentar um octágono. Os jogadores de Abalone devem eliminar do tabuleiro as esferas da cor oposta à do time. Como duas esferas empurram uma, o jogo ensina a importância do trabalho em grupo. No Bloqueio, o jogador usa peças e pinos para bloquear o adversário. Já as damas olímpicas correspondem a um jogo tradicional de damas, mas com regras adaptadas.

Fundada em Israel em 1996, a Mind Lab veio dois anos depois para o Brasil. Segundo Sandra Garcia, as Olimpíadas foram criadas para possibilitar a convivência dos estudantes com culturas diferentes. O torneio está na décima edição internacional. A última disputa ocorreu na Hungria e os vencedores foram alunos do colégio Padre Moye, de São Paulo.

As escolas que desejam se inscrever para os próximos torneios podem se informar pelo site da Mind Lab ou pelo telefone (11) 3474-1777.

 

 

publicidade

publicidade