SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Começa no domingo (24) a Semana Mundial do Brincar de 2015

As brincadeiras são instrumentos de expressão e de desenvolvimento da criança, fontes de aprendizado e de transmissão de conhecimento. Com o intuito de valorizar essa atividade, a Aliança pela Infância promove, na próxima semana, uma programação diversificada em prol do brincar

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/05/2015 17:13 / atualizado em 25/05/2015 17:42

Projeto Território do Brincar (http://territoriodobrincar.com.br/)

 

A Semana Mundial do Brincar é uma mobilização mundial criada com o objetivo de ressaltar a importância do brincar e organizada pela Aliança pela Infância. Este ano, diferentes atores, como pais, professores, médicos, instituições privadas e representantes de instituições governamentais são convidados a refletir sobre o tema Para ter criatividade, resiliência e coragem, é preciso brincar!. 


Constituída por pessoas e organizações que defendem os direitos da criança, a Aliança pela Infância está presente no Brasil e em mais de 20 países da Europa, Américas, África e Ásia. O movimento, que chegou ao Brasil em 2001, tem como missão sensibilizar a sociedade sobre a importância de uma infância digna e saudável, promovendo o desenvolvimento de pessoas capazes de construir uma sociedade fundada na cultura de paz, na sustentabilidade ambiental e no respeito a todas as diferenças.

A Semana Mundial do Brincar de 2015 será realizada na próxima semana, de domingo (24) a sábado (30). A programação oficial no Brasil contará com atividades em São Paulo, na Bahia e no Maranhão. Serão manhãs e tardes com oficinas e brincadeiras, música, artes plásticas, teatro, danças, circo, leitura, contação de histórias, manifestações culturais tradicionais e atividades livres em espaços lúdicos. Também haverá palestras e ciclos de debates sobre o tema do brincar. 

Outras comunidades também podem levar a ideia para as próprias famílias, escolas e bairros. Espaços como quadras, praças e pátios podem ser ocupados por brincadeiras que promovam a interação, o reaproveitamento de materiais e a troca. Cirandas, pular corda ou elástico, amarelinha e a possibilidade de inventar novos brinquedos e brincadeiras são algumas ideias para serem aproveitadas.

Para se inspirar

O projeto Edukatu valoriza a importância dos educadores, seja ele pai ou professor, como agentes transformadores acolhendo e fortalecendo o encontro entre quem aprende e quem ensina. A plataforma é construída a partir da lógica de jogos e brincadeiras. Trata-se de uma rede gratuita e aberta de aprendizagem promovida pelo Instituto Akatu, em parceria com a Braskem (maior produtora de resinas termoplásticas das Américas), com o apoio da HP, da Fundação Cargill, do Ministério do Meio Ambiente e do Ministério da Educação. O espaço virtual aborda o lúdico e a necessidade da brincadeira para absorver conteúdos relacionados ao consumo consciente e à sustentabilidade. 

Uma das propostas da rede é o plano de aula Itororó do Consumo Consciente. Um dos filmes sugeridos no plano de aula para que os professores conversem sobre a importância do brincar é o longa-metragem Tarja Branca (2014), com direção de Cacau Rhoden e produzido pela Maria Farinha Filmes. O documentário mostra ainda a importância da brincadeira não só na vida das crianças, mas na dos adultos também. Para Silvia Sá, gerente de Educação do Instituto Akatu, a Semana Mundial do Brincar é uma grande oportunidade para promover "a cooperação, a valorização do brincar e ainda a sustentabilidade e o consumo consciente". 

Para assistir

 

O documentário Território do Brincar é resultado do projeto que leva o mesmo nome. Durante dois anos, David Reeks e Renata Meirelles viajaram pelo Brasil registrando o brincar de meninas e meninos de diferentes realidades e regiões brasileiras.

Exibido na última quarta-feira (20) na Ciranda de Filmes, mostra de cinema com foco na infância e na educação, estreará oficialmente na próxima quinta-feira (28) em São Paulo e no Rio de Janeiro. No dia 4 de junho, o longa-metragem chegará aos cinemas de Porto Alegre, Curitiba, Brasília, Florianópolis, Belo Horizonte, Salvador, João Pessoa e Santos.

Além do longa-metragem, uma exposição itinerante viajou o Brasil levando o projeto Território do Brincar para escolas, festivais e praças e, em 2014, Renata Meirelles lançou o livro Cozinhando no Quintal, pela editora Terceiro Nome.

Confira o trailer do documentário aqui.

 

Participe!

 

Na quarta-feira (27), a Universidade Anhanguera de São Paulo promoverá um dia de atividades lúdicas e interativas. Além de diversas brincadeiras de rua, como amarelinha, bolinha de gude, pular cordar e esconde-esconde, a programação conta com oficinas voltadas à nutrição, à fisioterapia e à educação física. Não é necessário fazer inscrição e não há limite de idade, basta comparecer no bloco C da unidade Santo André (Avenida Industrial, 3.300, bairro Campestre, Santo André). As atividades começam às 9h e vão até às 21h.

 


Programação:


9h: Abertura
9h às 11h: Jogos e Brincadeiras – Desenvolvimento de Competências Sociais
11h às 13h: Resgate dos jogos tradicionais
13h às 15h: Vídeoclube e vivências corporais
15h às 17h: Atelier de pintura
17h30 às 19h: oficinas de nutrição
19h: vivências lúdicas e escorregador de tinta
19h às 20h30: jogos e brincadeiras: desenvolvimento de competências sociais
20h45: performance “A magia das bonecas: o brincar em todas as fases da vida”
21h: encerramento

publicidade

publicidade