SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Comissão vai discutir impactos da educação a distância

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 23/06/2015 10:14 / atualizado em 23/06/2015 10:17

Agência Câmara

A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados vai discutir nesta tarde as perspectivas da educação a distância no País e seus impactos nos setores educacional e produtivo.

 

O debate foi solicitado pela deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO). A ideia é discutir o projeto, aprovado na comissão, que permite ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e ao Programa Universidade para Todos (Prouni) financiar estudantes matriculados na graduação a distância (PL 5797/09). Hoje, os dois programas financiam apenas os cursos presenciais.

 

Relatora da matéria, a deputada Professora Dorinha modificou o projeto original para determinar que, no caso do Fies, o acesso ao financiamento possa ser feito por alunos de cursos a distância com aval do Ministério da Educação para funcionar.

"O nosso objetivo é discutir esse processo de monitoramento e avaliação. A expansão tem sido bastante acelerada e nos preocupa. Principalmente na área de formação de professores, têm sido feita em grande escala, e a nossa preocupação é com a qualidade", destacou.

 

Convidados Participam do debate:

  • o presidente da Associação Brasileira de Educação a Distância, Frederic Litto;
  • o presidente do Fórum Nacional da Educação Profissional Técnica a Distância, Fernando Roberto Amorim de Souza;
  • o presidente da Associação Brasileira dos Alunos de Educação a Distância, Ricardo Holz;
  • o diretor de Política Regulatória da Secretaria de Regulação e Supervisão de Educação Superior do Ministério da Educação, João Paulo Bachur;
  • a presidente da Associação Nacional dos Mantenedores de Polos de Educação a Distância, Marta Kratz;
  • o presidente da Associação Nacional dos Tutores da Educação a Distância, Luís Gomes; e
  • a vice-presidente da Associação Nacional das Universidades Particulares, Elizabeth Guedes.

A audiência ocorrerá no plenário 8, a partir das 14h30.

publicidade

publicidade